segunda-feira, 11 de Junho de 2012 14:46h Gazeta do Oeste

Banco do Brasil vai emprestar R$ 200 milhões para reforma do Maracanã

O Banco do Brasil vai financiar a reforma do Maracanã. O contrato será assinado na quarta-feira pelo governador do Rio, Sérgio Cabral, e pela presidente Dilma Rousseff numa cerimônia na cidade.

 

O empréstimo será de R$ 3,6 bilhões e vai contemplar 14 obras do Estado. O Maracanã ficará com R$ 200 milhões do pacote. Pela nova linha, o governo do Rio terá carência de cinco anos até começar a pagar o empréstimo em 20 anos com juros de cerca de 3% ao ano mais Libor (a taxa de empréstimos entre bancos, utilizado como base de remuneração para empréstimos em dólares a empresas e instituições governamentais).

 

Antes de conseguir a verba do Banco do Brasil, o governo fluminense já havia aprovado no BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) uma linha de crédito de R$ 400 milhões para a reforma do estádio da final da Copa.

 

O novo Maracanã está orçado em R$ 859 milhões. O vice-governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, disse que o Rio deverá fechar no próximo mês um novo empréstimo para a obra. Será de R$ 200 milhões com o CAF (Cooperação Andina de Fomento).

 

Pezão afirmou que o Maracanã será entregue em fevereiro, prazo máximo estabelecido pela Fifa. Segundo o governo do Rio, a obra, que conta com 5.500 operários, deverá encerrar o mês com 60% dos trabalhos concluídos.

 

 

 

Jornal Folha de São Paulo

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.