quinta-feira, 15 de Setembro de 2011 11:41h Luciano Eurides

Basquete é a bola da vez no JED

Os jogos escolares de Divinópolis começam a despontar novos esportes e muitos deles ainda desconhecidos do público. O basquete, embora um dos esportes mais praticados no mundo e também bastante difundido no Brasil, em Divinópolis cresce acanhadamente.


O esporte escolar tem o objetivo de dar a possibilidade de escolha pelo aluno/atleta. Na tarde de ontem os alunos do Cetepe e Roberto Carneiro fizeram uma boa partida e para os praticantes, uma evolução pode ser registrada do ano passado para este ano. Gabriel, aluno do Roberto Carneiro percebeu esse crescimento. O jogador pratica basquete desde os quatro anos no Estrela do Oeste Clube. “Em Divinópolis o basquete começou agora e esse ano melhorou o nível”, disse e considerou o piso da quadra bom, mas a tabela não. “A tabela não ajuda muito é de metal”, considerou.


O professor de educação física do Colégio Roberto Carneiro, acredita ser a falta de estrutura física o principal fator a não deixar que o basquete tenha um desenvolvimento. Bruno dedicou o pouco crescimento a também baixa introdução dele nas escolas. “Até mesmo pela estrutura necessária, difícil de ter, estamos iniciando esse trabalho, também no feminino, e a expectativa é boa, esse ano com três equipes participando e ano que vem com quatro, e queremos melhorar esse nível. Eles treinam fora e facilitam nosso trabalho, é dar uma lapidada, e colocar tudo no lugar”, falou e acrescentou ser a falta de infraestrutura o maior gargalo para a prática do basquete. “O principal agravante para não deslanchar na cidade é a estrutura, são poucas as escolas que possuem a quadra e a tabela, esse é o maior complicador”, ponderou.


O árbitro e grande incentivador do basquete divinopolitano, Marcelo Daldegan analisou o jogo como bom, principalmente em consideração a iniciação esportiva. “Percebe-se a qualidade e os erros foram poucos, abaixo do que esperávamos os atletas do Roberto Carneiro já tem um pouco de experiência e isso deu um volume maior de jogo. Eles destacam realmente, pois treinam a mais tempo e o Cetepe soube lidar muito bem no jogo e tem uma boa estatura dando equivalência ao jogo”, comentou.

 

 

Jogos de Hoje


A partir de 8h terão início as partidas de vôlei Masculino e Feminino, jogos no poliesportivo José Constantino Sobrinho, no bairro Niterói. A última partida, 13h envolve as escolas Municipal João Fonseca e estadual Pedro Magalhães, pelo feminino módulo I.


Na quadra da escola estadual Manoel Correa Filho o início é às 7h20min com handebol masculino e feminino, às 10h10min irá acontecer uma partida de futsal masculino módulo II, valendo 3º e 4º lugar. A tarde volta o handebol sendo às 14h20min o confronto das escolas estaduais Antônio Belarmino e Miguel Couto, logo após a última partida da tarde sendo o Cetepe enfrentando a escola estadual Monsenhor Domingos.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.