quarta-feira, 15 de Julho de 2015 09:38h

Bastidores movimentam o Atlético Mineiro

O Atlético ficou inconformado com a decisão do lateral-direito Patric, que assinou um pré-contrato com o Osmanlispor, da Turquia, que, por sua vez, já apresentou o jogador como novo reforço no seu site oficial

Sem ser comunicado da transação, a diretoria alvinegra informou que irá notificar o atleta e o clube turco, não descartando levar o caso à Fifa.
Patric ainda tem contrato com o Atlético até o fim do ano, mas, pela legislação, pode assinar um pré-contrato com qualquer outra equipe. No entanto, apesar de ter o direito de firmar um acordo com outro clube, o lateral não poderia ser anunciado pelo Osmanlispor, a não ser que os turcos pagassem a multa rescisória para antecipar a transferência.
Como só ficou sabendo da transação pela imprensa, o Atlético vai querer explicações das duas partes, já que Patric ainda está vinculado ao clube. O jogador está afastado do grupo alvinegro desde o dia 3 de julho, justamente quando surgiu a primeira notícia de que o lateral havia acertado com os turcos.
O lateral-direito chegou ao Atlético em 2011, mas não foi muito aproveitado e acabou sendo emprestado para Ponte Preta, Náutico, Coritiba e Sport, onde se destacou. Voltou ao Galo no começo desta temporada para ser reserva de Marcos Rocha e se destacou. Em razão de lesões do titular, jogou a maioria das partidas com boas atuações, fazendo gols e dando várias assistências para os companheiros balançarem as redes.

 

CAMPEONATO
O vice-campeonato brasileiro de 2012 serve de lição para os jogadores do Atlético na edição deste ano. O Galo lidera o Brasileirão com 29 pontos, mas o elenco alvinegro sabe que o caminho até o título é longo. O Atlético liderou boa parte do Campeonato Brasileiro de 2012, mas perdeu força no segundo turno e viu o Fluminense ficar com o título. O Galo encerrou o Brasileirão daquele ano com 72 pontos, contra 77 do tricolor.
Considerando as 13 rodadas iniciais, a campanha de 2012 era superior ao desempenho atual: Atlético somava 32 pontos, ante os 29 atuais. “Cada campeonato, cada competição tem a sua história. Temos que procurar fazer a história em 2015. Em 2012, com a pontuação que o Atlético tinha, outros times teriam sido campeões em outras situações”, disse o goleiro Victor.
Victor acredita que o elenco está maduro e focado para conquistar o título brasileiro, maior desejo da torcida atleticana. “É buscarmos as lições que tivemos em 2012, procurar ver onde a gente errou e fazer uma nova história. E espero que dessa vez a história seja favorável e a gente consiga quebrar o jejum [de títulos] no Campeonato Brasileiro”, destacou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.