quarta-feira, 31 de Outubro de 2012 04:32h Gazeta do Oeste

Bernard vale muito mais que se imaginava

Depois de reavaliar Wellington Nem em 32%, a Pluri Consultoria reviu, também, o valor de Bernard, do Atlético. E, para a consultoria, a atuação do meia neste Brasileiro lhe valeu um aumento de 96% em seu passe.

Depois de reavaliar Wellington Nem em 32%, a Pluri Consultoria reviu, também, o valor de Bernard, do Atlético. E, para a consultoria, a atuação do meia neste Campeonato Brasileiro lhe valeu um aumento de 96% em seu passe.

 


O atleticano, que valia 8,7 milhões de euros (em torno de 22,9 milhões de reais), agora custa 14,5 milhões de euros (38,2 milhões de reais). "Em seu segundo ano como profissional, as atuações de Bernard não nos deixam dúvidas de que estamos diante de um dos melhores e mais completos jovens jogadores do futebol Brasileiro", justificou a consultoria. "Trata-se de um atleta de grande capacidade técnica, aplicado taticamente, altamente regular e confiável, e com ótimo comportamento, incluindo uma grande facilidade de comunicação, característica cada vez mais valorizada pelos clubes europeus", completou o relatório.

 


O capitão Réver foi convocado para a Seleção Brasileira que disputará amistoso contra a Colômbia, no dia 14 de novembro, em Nova Jersey, nos EUA. Na data, não haverá jogo do Atlético pelo Campeonato Brasileiro.

 


A boa fase da equipe tem tudo para continuar na próxima temporada, pelo menos é isso que pensa o técnico Cuca, que destaca que hoje os jogadores querem jogar no Galo pela organização do clube. "Hoje, o Atlético é um clube que tem muitas ofertas de jogadores. Acho que todos os jogadores querem jogar no Atlético-MG. Sabem que aqui, dia primeiro tem pagamento, é organizado, tem uma estrutura fantástica, uma torcida maravilhosa. Tem tudo para passar bem daqui para frente", declarou.

 


Como a base do atual elenco deve ser mantida, o treinador alvinegro acredita que será necessário apenas algumas contratações pontuais, para deixar a equipe ainda mais fortes para as próximas competições. "Três ou quatro saem, três ou quatro entram e a base está mantida", disse.

 


No final do ano terminam os contratos do craque Ronaldinho Gaúcho e do versátil Richarlyson, que já declarou que tem intenção de ficar em Belo Horizonte. No caso de R49, o presidente Alexandre Kalil já trabalha para tentar manter o jogador no Atlético-MG, pelo menos, até o fim da Libertadores, caso o Galo confirme a vaga.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.