quinta-feira, 12 de Novembro de 2015 11:03h Atualizado em 12 de Novembro de 2015 às 11:11h.

Boca é o campeão do Torneio da Amizade no Jusa Fonseca

A equipe do Boca Jusa venceu o Canabis na final do Torneio do Jusa Fonseca e sagrou-se campeã da edição 2015, os gols foram marcados por Buiu e Túlio

Ainda foram premiados: Jesinho, da equipe do Paraíso, como artilheiro, Nelber (Bandido), como melhor goleiro. Felipinho (Boca) e Helder (Paraíso), como gols de placas, e ainda, Anderson, conhecido por Zinho, da equipe do Canabis, como destaque da competição.

O Boca deu mostras de entrar em campo para vencer, foi dele o primeiro ataque do jogo. O Canabis tentava responder, mas a pontaria não ajudava. Kenedy tentou de direita e Fumaça pelo meio. Pelo Boca, Felipinho tentava infiltrar com a bola, mas também não houve grandes defesas. 

No segundo tempo, o Canabis aparecia com mais perigo na área do goleiro Robson, teve duas chances, em uma, a bola foi jogada para fora, e na outra, o atacante preferiu cavar pênalti, mas o juiz não acreditou. O Boca então aplicou o primeiro golpe. A bola roubada na intermediária, tocada para Buiu, e ele dominou e girou chutando, um belo gol e colocou fogo no jogo. O Canabis foi desesperadamente ao ataque e deu espaço para a arrancada de Túlio pela esquerda, ele saiu em velocidade e, em um sprint de cinquenta metros, invadiu a área e teve equilíbrio e raciocínio para fazer o gol e comemorar.

Com o placar desfavorável em dois gols, a equipe do Canabis tinha como única alternativa a busca por um gol e, assim, colocar de vez o time na final. O lance mais polêmico, Teco derrubou o atacante do Canabis na área, pênalti marcado, Tallys foi para a cobrança, deu a paradinha e jogou a bola para fora. Ainda foi advertido com o segundo cartão amarelo e, consequentemente, o vermelho. Assim, não houve tempo e nem motivação para a reação. Final, 2x0 para o Boca Jusa, campeão do Torneio da Amizade 2015.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.