segunda-feira, 28 de Dezembro de 2015 12:36h CBF

Botafogo-SP conquistou o primeiro título nacional

Durante quatro meses de competição, 40 equipes participaram do Campeonato Brasileiro da Série D de 2015. Foram 190 jogos e cinco fases até o Botafogo-SP se consagrar o grande campeão do torneio em cima do Ríver-PI

Primeira Fase:

A fase inicial da competição começou com a divisão dos 40 clubes em oito grupos. Grupo 1: Nacional-AM, Náutico-RR, Remo-PA, Rio Branco-AC e Vilhena-RO; Grupo 2: Guarani-CE, Imperatriz-MA, Palmas-TO, Ríver-PI e Santos-AP; Grupo 3: Campinense-PB, Colo Colo-BA, Coruripe-PB, Globo-RN e Serra Talhada-PE; Grupo 4: Central-PE, Estanciano-SE, Goianésia-GO, Serrano-BA e Treze-PB; Grupo 5: Aparecidense-GO, Caldense-MG, Comercial-MS, Operário-MT e Rio Branco-ES; Grupo 6: Botafogo-SP, Crac-GO, Duque de Caxias-RJ, Gama-DF e Villa Nova-MG; Grupo 7: Inter de Lages-SC, Operário-PR, Red Bull Brasil-SP, Resende-RJ e Ypiranga-RS; Grupo 8: Fox do Iguaçu, Lajeadense-RS, Metropolitano-SC, São Caetano-SP e Volta Redonda-RJ.

Depois de dez rodadas, as duas melhores equipes de cada grupo se classificavam para a segunda fase do Campeonato: Remo e Rio Branco-AC; Ríver e Palmas; Campinense e Coruripe; Central e Estanciano; Rio Branco-ES e Caldense; Crac e Botafogo-SP; Ypiranga e Operário; São Caetano e Lajeadense.

 

Segunda Fase:

A partir desta fase as equipes se enfrentavam em partidas de ida e volta no estilo mata-mata. Os confrontos foram decididos entre Palmas X Remo; Caldense X Rio Branco-ES; Operário X Campinense; Coruripe X São Caetano; Estanciano X Ríver; Botafogo-SP X Crac; Rio Branco-AC X Ypiranga; Lajeadense X Central.

Remo, Caldense, Operário, São Caetano, Ríver, Botafogo-SP, Ypiranga e Lajeadense garantiram a classificação para a próxima fase.

 

Terceira Fase:

No mesmo formato que a etapa anterior - partidas de ida e volta no estilo mata-mata -, das oito equipes que disputavam a fase, apenas quatro se classificaram para as semifinais, além de garantirem o acesso à Série C de 2016. As disputas foram entre Operário X Remo; Botafogo-SP X São Caetano; Ríver X Lajeadense; Caldense X Ypiranga.

Ríver, Ypiranga, Botafogo-SP e Remo conseguiram o triunfo e se aproximavam cada vez mais da final da competição.

 

Semifinal:

No confronto Ríver X Ypiranga, as duas equipes fizeram o mesmo resultado em casa: a vitória por 2 a 0 nos dois jogos. Com a decisão indo para os pênaltis, o Ríver acertou todas a penalidades e garantiu a vaga na final. Já na partida Botafogo-SP X Remo, a vitória por 1 a 0 do time paulista no jogo de ida deu a equipe a vaga na grande decisão.

 

Final:

No jogo de ida o Botafogo-SP conseguiu o triunfo em casa por 3 a 2 em cima do Ríver e entrou em campo no segundo jogo com a vantagem do empate. Dito e feito: segurou o 0 a 0 e conquistou o título - o primeiro a nível nacional da equipe.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.