quinta-feira, 19 de Maio de 2011 10:27h Atualizado em 19 de Maio de 2011 às 10:30h. Luciano Eurides

Branquinhos e Cacoco fecham amanhã a 5ª rodada da Copa Rural


A partida não realizada entre Branquinhos e Cacoco de Baixo está marcada para amanhã, sexta-feira, às 20h, no estádio João Belarmino Gomes, em Santo Antônio dos Campos. Os times deveriam ter jogado no último domingo, porém o Cacoco de Baixo se recusou a entrar em campo por conta do atraso no início da partida.


O time do Cacoco se apresentou para o jogo na comunidade dos Branquinhos e não jogou. Segundo Antônio Lúcio, dirigente da equipe, a partida se iniciaria com muito atraso e não admitiu jogar. Lembrando, na tabela o horário para a partida é 16h, segundo relato do dirigente a equipe de arbitragem iniciaria a partida às 15h58min, portanto dentro do horário previsto.


A arbitragem encontrou problemas para a realização da partida, pois o auxiliar passou mal, teve de ser atendido pelo resgate do Corpo de Bombeiros Militares  e o árbitro da Liga Municipal de Desportos de Divinópolis (LMDD), presente no campo para trabalhar como representante o substituiria, como não houve o jogo, a partida será em Ermida, amanhã às 20h. O Branquinhos é o líder da chave com dez pontos ganhos e está classificado. Inhame tem oito pontos e joga contra o Cacoco de Baixo no domingo. O Cacoco de Baixo tem cinco pontos e precisa vencer as duas partidas para se classificar. Existe a possibilidade da equipe de Antônio Lúcio chegar com uma vitória e um empate, desde que vença o Inhame no domingo. No outro jogo da Chave A o Inhame venceu a Djalma Dutra por 15x1.


Pela chave B O Cacoco de Cima venceu a Mata dos Coqueiros por 4x0 e Costas passou por Amadeu Lacerda (1x0). Costas e Cacoco de Cima estão classificadas, faltando definir quem é primeiro e segundo da chave.


Pela Chave C, Lopes venceu a Lagoa por 1x0, mesmo placar da vitória do Campista sobre o Quilombo. Assim Lopes e Campista estão classificados e decidem no domingo a liderança da chave.


Na Chave D, Córrego Falso é o primeiro colocado e Choro o segundo.

 

Aspirantes


A Djalma Dutra venceu o Inhame por 5x3 e tem de vencer o próximo compromisso frente o Branquinhos para seguir na competição. O Inhame está classificado com 10 pontos. Branquinhos tem nove pontos e precisa apenas de um empate para se garantir na próxima fase.
Na Chave B Mata dos Coqueiros não compareceu ao Córrego Falso para a partida frente o Cacoco de Cima e Costas venceu por 3x0 Amadeu Lacerda. Costas e Cacoco de Cima têm 10 pontos cada e se classificam com um empate na partida entre eles a ser realizada domingo. Amadeu ganhará os pontos e chegará a 11, mas com um saldo de apenas dois gols. Costas hoje tem saldo de 23 e Cacoco de Cima seis. Havendo um perdedor no confronto entre Costas e Cacoco de Cima, Amadeu fica com a vaga.


Na Chave C o Quilombo passou pelo Campista e complicou a vida do time de Toninho Ermida. A derrota por 3x0 obriga o time de Ermida a vencer o Lopes, time que passou pela Lagoa por 2x1. Ainda o Campista precisa da derrota da Lagoa, frente o Quilombo na partida do próximo domingo.
Na chave D o Choro já classificado venceu a Perobas por 3x2. O Córrego Falso com três pontos ganhos precisa de pelo menos um empate para chegar à próxima fase. Perobas tem de vencer por dois gols de diferença para se garantir. A vitória por apenas um gol leva a decisão para o sorteio.


QUILOMBO ASPIRANTES


O Quilombo abriu o placar logo aos três minutos de jogo. Artur aproveitou que a defesa do Campista parou pedindo impedimento. Rildo Lúcio, auxiliando José Geraldo deu condições legais e o marcador foi aberto. Aos nove minutos uma bola alta na defesa do time de Ermida e o goleiro Emerson jogou a bola contra o pé de Luís Godizila e ele fez o gol, sem querer, mas ampliou o marcador. No segundo tempo nova bola alta na área do time de Toninho Ermida e Pedro Henrique assinalou o gol dele.


CAMPISTA PRINCIPAL


O time marcou o gol no final do segundo tempo. Marco Túlio tocou para Douglas que chegou de trás e definiu, pela primeira vez na partida, uma jogada. O time de Santo Antônio dos Campos tem uma excelente equipe, mas não define o jogo. O Quilombo entrou em campo coma mesma equipe do aspirante e tentava apenas os contra ataques. Pedro Henrique do Quilombo tentou, até mesmo rebolou, ele colocou a bola na frente e deu uma rebolada na frente do volante João Eduardo, o lance seguiu sem anormalidades, João Eduardo levou na brincadeira. Lúcio, zagueiro do Campista falou “pode rebolar, não fazendo o gol, pode dançar o jogo inteiro”, minimizou.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.