sábado, 13 de Junho de 2015 07:55h

Brasil completo para a estreia

Daniel Alves, o tríplice campeão pelo Barcelona, já estava de férias e com viagens programadas

Mas um motivo maior o fez adiar os planos: convocado por Dunga, ele largou tudo para voltar para a sua casa: a Seleção Brasileira. O jogador chegou ao Hotel Vila Ventura, em Viamão, por volta das 10h20. Viajou ontem de Barcelona para São Paulo e, ontem, pela manhã, para Porto Alegre.
Quando Daniel chegou, os jogadores já haviam tomado o café da manhã e descido para o campo de treino. Ele fez o desjejum sozinho. Questionado se estaria cansado da viagem, Daniel foi direto. “Não tem treino agora? Vou para o campo treinar.”
Daniel é jogador com espírito de Seleção Brasileira. Foi campeão da Copa América de 2007, marcando gol na final sobre a Argentina, da Copa das Confederações de 2009 e 2013, e tem duas Copas do Mundo no currículo. Experiência e vontade suficientes para vestir a camisa amarela. “Estava tudo certo para as férias. Mas o motivo para adiar foi mais importante e estou aqui na Seleção.”
Parodiando o filme americano "O inimigo mora ao lado", Brasil e Portugal, que não são inimigos, mas adversários, estão concentrados no mesmo hotel em Hamilton, local do confronto válido pelas quartas de final do Mundial Sub-20 da Nova Zelândia, a partir desta sexta-feira.
A situação é inusitada, mas é comum em mundiais de categorias de base organizados pela Fifa. Além de facilitar a logística, a convivência no mesmo hotel – no caso o Kingsgate Hotel Hamilton – tem como objetivo criar uma atmosfera de respeito e integração entre os jogadores e comissões técnicas que, como dito antes, são adversários em uma partida, mas estão longe de serem inimigos.
Na primeira fase, o Brasil já havia passado por situação semelhante, quando dividiu o hotel com a Coreia do Norte, que viria a ser o terceiro adversário da Seleção Sub-20 no Grupo E do Mundial. No entanto, a diferença de idioma e cultura não facilitou tanto assim o contato. Com os portugueses é diferente, pois todos falam a mesma língua.
Brasil e Portugal disputam uma vaga nas semifinais do Mundial Sub-20 no domingo, às 13h (22h de Brasília do sábado, dia 13 de junho), no Estádio Waikato, em Hamilton, cidade universitária da Nova Zelândia.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.