sábado, 28 de Julho de 2012 10:37h Gazeta do Oeste

Brasil desfila na abertura com uniforme casual

A abertura dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 perdurou cerca de três horas, com a presença de 80 mil espectadores no Estádio Olímpico. Como manda a tradição o desfile dos atletas obedece à ordem alfabética na língua local. A Grécia, berço dos Jogos Olímpicos, abre o desfilo, enquanto o país sede dos Jogos encerra.

 


A delegação brasileira foi a 28ª a desfilar na cerimônia de abertura dos jogos olímpicos de Londres 2012. O uniforme de desfile foi bem charmoso, despojado e com um forte conceito de brasilidade, a partir das cores da nossa bandeira.

 


O conceito do uniforme de desfile foi concebido pelo Departamento Cultural do Comitê Olímpico Brasileiro e desenvolvido com a consultoria da designer de moda Eliza Conde. Os atletas usaram uma versão básica com blazer navy, camisa branca e echarpe de batik azul e amarelo feito com malha de algodão orgânico. Os homens calça e as mulheres saia lápis, ambas as peças nas cores verde ou amarela.

 


Liderada pelo porta-bandeira Rodrigo Pessoa, a delegação brasileira de aproximadamente 120 integrantes representada por atletas do atletismo, basquete masculino, boxe, ciclismo, esgrima, hipismo CCE, hipismo saltos, levantamento de peso, remo, saltos ornamentais, tênis, tiro esportivo, vôlei masculino e vôlei de praia. Os atletas das demais modalidades optaram por descansar e se poupar para o início das competições.

 


Medalha de ouro em Atenas 2004, Rodrigo Pessoa viveu um momento especial ao liderar a delegação brasileira na abertura dos Jogos. “Este é um momento muito especial na minha carreira. Disputar os Jogos Olímpicos é o sonho de qualquer atleta e estar à frente da delegação na Cerimônia de Abertura é um momento de muita honra. Depois de três medalhas olímpicas e na minha sexta participação nos Jogos, carregar a bandeira do país coroa a minha história olímpica”, disse o cavaleiro de 39 anos.

 


Rodrigo disputou sua primeira edição de Jogos Olímpicos aos 19 anos, em Barcelona 1992. Ao todo, o ginete possui três medalhas olímpicas. Além do ouro em Atenas, Rodrigo conquistou o bronze por equipe em Sidney 2000 e Atlanta 1996.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.