quarta-feira, 4 de Junho de 2014 13:56h

Brasil goleia em amistoso contra o Panamá

A Seleção Brasileira venceu o Panamá em amistoso.

Mesmo frente a um adversário infinitamente inferior, o que Neymar fez no campo do Serra Dourada não é qualquer jogador que é capaz de fazer. Neymar exagera. Ao talento nato, acrescenta uma grande dose de improviso. Aos dribles que saem de maneira natural, ele mistura algo de desconcertante que deixa nervosos – e desestabilizados – seus marcadores.
Houve lances espetaculares, outros de igual beleza. A cobrança de falta: perfeita, na força e no trajeto da bola, que só poderia mesmo parar no fundo da rede do goleiro McFarlane. No segundo tempo, logo de cara, ele deu outra demonstração de técnica refinada. Com um passe de calcanhar, deixou Hulk em condições de marcar.  No quarto gol do Brasil, outra amostra de jogador que faz diferença: partiu para cima dos adversários e, quando todos esperavam o drible, ele descobriu Hulk livre na esquerda. Na sequência do lance, Willian apareceu para marcar o último do Brasil na partida.
 

 

WIFI
O Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (Sinditelebrasil) informou, nesta terça-feira, que as operadoras irão oferecer rede wi-fi gratuita para seus clientes em apenas seis dos 12 estádios da Copa do Mundo de 2014. Entre eles estão a Arena Corinthians, o Mineirão e o Beira-Rio.
De acordo com um comunicado divulgado pela entidade, esse recurso estará disponível somente nas arenas de Brasília, Cuiabá, Manaus, Porto Alegre, Rio de Janeiro e Salvador. "Embora as prestadoras tenham iniciado as negociações com as administrações das arenas há um ano, em alguns deles, a liberação do estádio e o prazo para a execução das obras foi bem inferior aos 150 dias necessários. O curto prazo, de pouco mais de dois meses, ocorreu especialmente na Arena de São Paulo e na Arena da Baixada (Curitiba), o que exigiu a instalação do projeto em áreas prioritárias, como as arquibancadas, áreas VIP, salas de imprensa e pontos presenciais da Fifa", diz a nota.
O sindicato também confirmou que as empresas de telefonia concluíram nesta semana a instalação da cobertura indoor em todos os 12 estádios do Mundial, incluindo uma infraestrutura de 4.738 antenas, que atendem aos serviços de voz e dados nas tecnologias 2G, 3G e 4G. Além disso, foram colocados mais de 164 km de cabos de fibra óptica nas arenas.
Ao todo, as companhias Claro, Nextel, Oi, Tim e Vivo investiram R$ 226 milhões nessa infraestrutura, que é compartilhada entre as cinco operadoras. Esses recursos permitirão que sejam completadas 300 mil chamadas simultâneas de voz por hora em cada estádio, com duração média de 2,4 minutos.
Também poderão ser feitas 24 mil conexões de dados ao mesmo tempo, possibilitando o envio de uma foto de 0,55 MB em 2,5 segundos, de acordo com o Sinditelebrasil.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.