sexta-feira, 20 de Maio de 2011 13:15h Luciano Eurides

Brasileirão começa no final de semana

O Campeonato Brasileiro começa no fim de semana e a bolsa de apostas sofre alterações com os estaduais e outras competições. Cruzeiro e Internacional sofreram  o impacto da desclassificação precoce na Libertadores. Flamengo cresce e São Paulo pouco aparece.


A grande novidade deste ano fica por contas dos clássicos marcados para a última rodada, numa tentativa da CBF em evitar que haja o chamado “corpo mole” de algumas equipes para evitar o título dos rivais. Desde que a disputa por pontos corridos começou, em 2003, a competição tem sido dominada pelo eixo Rio / São Paulo. São cinco títulos para os paulistas contra três cariocas. O maior campeão deste sistema é o São Paulo. O tricolor paulista abocanhou três títulos consecutivos no sistema de pontos corridos em 2006, 2007 e 2008. Em 2009 o clube paulista chegou em terceiro, perdendo o título na última rodada para o Flamengo e em 2010 o tricolor foi apenas o décimo colocado. Embora com mais títulos, o estado de São Paulo perdeu o domínio recente para o Rio de Janeiro. Nas duas últimas edições, o Flamengo em 2009 e o Fluminense, em 2010 levaram a taça para a cidade maravilhosa. O único clube fora do eixo Rio / São Paulo que foi campeão por este sistema foi o Cruzeiro, em 2003, ano em que foi instalada a fórmula de disputa por pontos corridos.

 


O Cruzeiro tem como primeiro adversário na competição o Figueirense e o jogo será disputado no domingo, às 16h, no estádio Orlando Scarpelli. Em relação ao time que foi campeão mineiro, o técnico Cuca poderá contar com três reforços para o Campeonato Brasileiro. O meia Montillo, que ficou de fora do segundo jogo da decisão, por ter levado cartão vermelho na partida de ida, contra o Atlético-MG, voltará à equipe. Os recentes reforços estrelados, o lateral-direito Vitor e o atacante Brandão, que não foram inscritos na competição estadual, também estarão à disposição do comandante celeste.


Se por um lado o São Paulo foi eliminado da Copa do Brasil, de outro o Tricolor poderá se dedicar exclusivamente ao Campeonato Brasileiro. No próximo domingo, às 18h30, a equipe fará sua estreia no torneio contra o Fluminense, em São Januário. A última vez que iniciou o Brasileirão "livre" foi em 2007. E deu sorte. Aliás, muita sorte e competência. Naquele ano, após ser eliminado da Libertadores pelo Grêmio, o São Paulo estreou vencendo o Goiás por 2 a 0, no Morumbi, com gols de Jorge Wagner e Rogério Ceni.


A vitória foi apenas a primeira de 23 que o Tricolor conquistou no torneio. Excelente campanha que rendeu o quarto título brasileiro da história do clube. Conquista alcançada com quatro rodadas de antecedência. O São Paulo foi campeão após vencer o América-RN por 3 a 0, também no Morumbi.
O elenco são-paulino espera repetir a história do passado. Em 2011, o time jogará 18 rodadas apenas focado no Brasileiro. No segundo semestre do ano, o Tricolor também disputará a Sul-Americana. Até lá, a meta é estar entre os líderes do Nacional.


Até a sexta rodada, o Tricolor terá cinco semanas livres, já que só entrará em campo aos fins de semana. Momento para deixar o time entrosado e conquistar o maior número de pontos possíveis na competição nacional.


A luta pelo tetracampeonato nacional começa neste sábado para o Inter. O time do técnico Paulo Roberto Falcão vai até a Vila Belmiro encarar o Santos na primeira das 38 rodadas do Brasileirão.
Para Falcão, o Inter entra com força na busca pela quarta estrela. Mas a missão não será nada fácil. "Vai ser um Brasileirão muito difícil. As equipes estão montadas há bastante tempo, pelo menos com uma estrutura, como Santos, São Paulo e Corinthians. Tem times que estão com o mesmo técnico. Vai ser uma competição interessante, e o Inter não pode pensar em outro objetivo a não ser o título", afirma o treinador.

 

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.