sexta-feira, 29 de Julho de 2016 12:02h Luciano Eurides

Cacôco de Cima provou que é possível manter a qualidade na Copa Rural mesmo com restrições

A equipe do Cacôco de Cima selecionou os atletas, esteve atenta a todas as posições, usou os jogadores dentro do regulamento, com restrição àqueles que não são vinculados à zona rural

POR LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

 

Se reforçou onde mais precisava. Formou uma equipe nivelada, sem pontos fracos e, por isso, se tornou campeã rural 2016.

O time do trio Alessandro, Wágner e Tchê teve a melhor campanha entre as 12 equipes participantes. Na fase de classificação, o Cacôco fez 24 pontos em dez jogos. Venceu sete partidas e não sofreu nenhuma derrota na Chave A. A equipe fez 23 gols e sofreu cinco.

 

 

Houve também destaques individuais, como o artilheiro Gustavo de Oliveira Marques (Laginha), com seis gols; melhor goleiro, Anderson Gomes de Araújo; e Wagner como melhor técnico.

 

Ao todo, a competição registrou 97 gols, com média de 2,43 por rodada. A Copa Rural deste ano teve 12 equipes, que foram distribuídas em duas chaves com seis equipes cada e jogaram todas entre si em turno único. A Chave A teve as equipes Costas, Campista, Quilombo, Cacôco, Inhame e Choro. A Chave B foi formada por Branquinhos, Pedregal, Amadeu Lacerda, Mata dos Coqueiros, Djalma Dutra e Córrego Falso.       

 

 

Um fato interessante nas premiações individuais é que sempre houve polêmica nas premiações. Este ano feita de forma rápida, objetiva, sem longos discursos e nenhum tipo de alusão política. O atleta revelação, Lucas Leander, é unanimidade, fez por merecer, já é, inclusive, convidado para integrar outros times do futebol amador. Já o destaque, o zagueiro Toninho, do Quilombo, fez todos os jogos e teve um cartão amarelo, logo na partida final. Um fato realmente merecedor de destaque.

City, da Nova Zelândia (Oceania), e do América, do México (Concacaf). Faltam ainda os campeões da Liga dos Campeões da Ásia, da Liga dos Campeões da África e o campeão japonês (país-sede).

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.