sábado, 1 de Setembro de 2012 09:15h Gazeta do Oeste

CBF rejeita pedido: Arouca e Neymar não são liberados da Seleção

O Santos teve rejeitado o seu pedido de liberação do volante Arouca e do atacante Neymar dos amistosos da Seleção Brasileira contra a África do Sul, em 7 de setembro, no Morumbi, e China, dia 10, no Arruda. Assim, o Peixe não poderá contar com os dois jogadores nas partidas contra o Fluminense, na próxima quinta-feira, no Engenhão, e no clássico com o São Paulo, dia 9, na Vila Belmiro. Ambos os confrontos são válidos pelo Campeonato Brasileiro.

 

 

“Fizemos esse pedido para a CBF, mas não conseguimos, mais uma vez. Será uma semana dificílima e nós vamos com o que temos. Vamos lutar com o que temos aqui”, disse Muricy, contrariado por perder atletas importantes para a Seleção, novamente.

 

Indagado sobre uma possível repetição da operação que trouxe Neymar em um jatinho fretado, de Estocolmo para Florianópolis, após um amistoso com a Suécia, para que a Joia atuasse no dia seguinte contra o Figueirense, Muricy Ramalho parece não acreditar mais na hipótese de voltar a utilizar esse expediente.

 

 

“O nosso presidente (Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro) fez o pedido para o Marin (mandatário da CBF) e me parece que, em um primeiro momento, foi aceito. Depois não. Enfim, são aquelas coisas que nós não temos controle: um passa para o outro e nada acontece. Infelizmente, não conseguimos a liberação deles”, comentou o treinador.

 

Sem a dupla, caso Henrique não tenha condições de voltar ao time, por conta de uma pubalgia, Leandrinho é a opção mais provável para a vaga de Arouca. Alan Santos corre por fora. Já para o lugar de Neymar, Victor Andrade e o argentino Miralles, que também se recuperam de lesão, são os concorrentes mais fortes. João Pedro também é uma alternativa para Muricy.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SUPERESPORTES

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.