segunda-feira, 24 de Setembro de 2012 08:44h Gazeta do Oeste

Celso Roth demonstra pessimismo sobre Libertadores

Há cinco jogos sem vencer, o Cruzeiro vê o G-4 do Campeonato Brasileiro mais distante. Derrotada pelo São Paulo nesse domingo, a equipe ficou a nove pontos do quarto colocado Vasco

Há cinco jogos sem vencer, o Cruzeiro vê o G-4 do Campeonato Brasileiro mais distante. Derrotada pelo São Paulo nesse domingo, a equipe ficou a nove pontos do quarto colocado Vasco. A desvantagem leva o técnico Celso Roth a ficar pessimista em relação à classificação para a Copa Libertadores.

 

O técnico cruzeirense admitiu que o revés no Morumbi dificultou o objetivo do Cruzeiro de voltar à principal competição continental. “(A derrota) nos tira, praticamente, toda a possibilidade de chegarmos numa situação melhor para tentarmos brigar por uma Libertadores”, afirmou Roth, que citou a Libertadores como objetivo distante no início do Brasileirão.

 

“Mas quando começou o Campeonato Brasileiro, falava-se que o Cruzeiro iria brigar para não cair. O São Paulo era nosso adversário direto. Nós perdemos uma oportunidade clara para tentarmos alguma coisa na Libertadores. Não é que não tenhamos chances, mas elas diminuíram muito. Nós sabíamos da importância desse resultado. Temos ainda 11 jogos. Se vencermos os 11 ou a maioria, temos chances de brigar. Mas o campeonato é muito parelho”, acrescentou o treinador.

 

Nos dois próximos jogos, o Cruzeiro voltará a enfrentar concorrentes diretos por uma vaga na Libertadores. No sábado, às 18h30, a equipe comandada por Roth terá confronto com o Internacional, em Varginha. Na rodada seguinte, o adversário será o Grêmio, em Porto Alegre.

 

O Internacional é o sétimo colocado, com 40 pontos, cinco a mais que o Cruzeiro. Já o Grêmio, mais perto da briga pelo título, é o terceiro, com 49.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.