quarta-feira, 1 de Julho de 2015 11:05h

Charles se junta ao restante do elenco Cruzeirense

O técnico Vanderlei Luxemburgo ganhou mais um reforço nesta segunda-feira. Após o retorno do lateral-esquerdo Fabrício, o treinador vai poder contar também com a volta do volante Charles para o jogo contra o Grêmio, quarta-feira, em Porto Alegre

Charles surpreendeu o departamento médico ao apresentar rápida recuperação nos últimos dias. Ele teve constatada lesão na coxa direita na quarta-feira. Mas, nesta segunda, já conseguia treinar normalmente. Por essa razão, será relacionado para a partida contra o rival gaúcho. "Estou muito feliz. Hoje treinei contra o time juvenil e me senti super bem. Lógico que sempre há uma dorzinha ou outra, mas isso é o de menos. Nós, que somos jogadores, convivemos direto com as dores, então acho que é uma dor suportável e ficarei à disposição do treinador para este jogo", comemorou Charles.
O rápido retorno de Charles vem em boa hora no Cruzeiro porque Luxemburgo não poderá contar com Henrique na quarta. O volante vai cumprir suspensão neste meio de semana. E o jovem volante Eurico foi liberado para defender a seleção brasileira Sub-22 nos Jogos Pan-Americanos, no Canadá.
Agora, Charles viajará sozinho para Porto Alegre, onde se integrará à delegação cruzeirense. O time permanece no Sul do país após ser derrotado pelo Coritiba, no domingo. De Curitiba, o grupo seguiu direto para a capital gaúcha.

 

ROBINHO
O Santos, de acordo com o presidente Modesto Roma Júnior, já fez a sua proposta a Robinho e não pretende aumentar a oferta. O dirigente alega que o clube passa por dificuldades financeiras e não tem condições de oferecer mais ao atacante. Os valores oferecidos não foram divulgados.
Os concorrentes são o Cruzeiro, Guangzhou Evergrande, da China, e Querétaro, do México. O clube mineiro chegou a oferecer salários maiores do que o Santos, mas a melhor proposta foi feita pelos chineses.
Comenta-se que o Guangzhou Evergrande estaria disposto a pagar US$ 1 milhão por mês (cerca de R$ 3,1 milhões), livre de impostos, para convencer o atacante a jogar na China. O time é treinado por Luiz Felipe Scolari e nesta segunda-feira anunciou a contratação do volante Paulinho, do Tottenham, por 14 milhões de euros (quase R$ 50 milhões). Os outros brasileiros da equipe são Ricardo Goulart, Elkeson, Renê Júnior e Alan Junior.
Ir para a China não impediria Robinho de continuar sendo convocado por Dunga para a Seleção Brasileira. Do grupo que disputou a Copa América no Chile, por exemplo, dois jogadores atuam no futebol asiático: o atacante Diego Tardelli e o meia Éverton Ribeiro (este joga no Oriente Médio).

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.