quinta-feira, 7 de Abril de 2016 11:14h Luciano Eurides

Clássico divinopolitano na Imef teve uma vitória do Palmeiras e outra do Flamengo

A Super Copa Imef colocou em campo as duas grandes escolas da cidade de Divinópolis

O Palmeiras recebeu o Flamengo, na manhã do sábado (2), no Estádio Pelezinho, bairro Afonso Pena. O Rubro Negro venceu por 2×0, sendo um gol contra e outro de Piscuila, na categoria sub 15. Já na sub 17, o Palmeiras venceu por 1x0, gol de Vitor.

Na categoria sub 15, o jogo foi dentro do programado pelas duas equipes e a que errou mais perdeu. O Flamengo teve períodos onde jogou melhor, especialmente no primeiro tempo, onde conseguiu até colocar pressão. No segundo tempo, o Palmeiras se adiantou, conseguia impor, chutar a gol e esbarrou em ótimas defesas do goleiro flamenguista.

 

 

 

Na pressão Palmeirense, o atual campeão da Imef tentava encontrar espaços, erros e achou. Em uma bola alta na área, o jogador Gabriel tentou o cabeceio, não orientado do local onde estava, a bola foi em direção ao gol. O goleiro havia saído na tentativa de interceptar a bola e acabou sofrendo gol contra. Erro coletivo. Da mesma forma o segundo gol, deu-se espaço para Katatau pensar e jogar a bola para Piscuila fazer o segundo.

Na saída de campo, o jogador Farias destacou a falha de comunicação. Segundo o atleta, a formação da equipe mostra um elenco muito forte e não se pode mais admitir derrotas. “Montamos, na teoria, um time forte, mas falta o resultado, temos de treinar para conseguir isso, realmente tivemos erros coletivos, um susto levar o primeiro gol, não conseguimos buscar o resultado, temos que conversar isso no treinamento, não podemos perder jogos em casa de jeito nenhum, buscar sempre o resultado, pois temos um elenco forte. Sabíamos que o goleiro deles que é muito bom, mas precisamos do resultado. Não vamos aceitar perder mais, humildade, reconhecer os erros e sempre buscar a vitória”, considerou o atleta, que defendia o Vasco da Gama.

 

 

 

Na categoria sub 17, um jogo bem disputado e vencido pelo Alviverde do Afonso Pena, por 1×0, gol de Vitor. O gol saiu nos minutos iniciais da partida e depois de estar atrás no marcador, o Flamengo saiu para o jogo. A saída ao ataque e, ao mesmo tempo, a atenção na defesa, proporcionou um bom jogo. O Palmeiras soube jogar e fez merecer o placar favorável.

Na saída de campo, o jogador Demétrio (ex-Palmeiras), atualmente no Rubro Negro, ressaltou exatamente os méritos dos dois times, segundo ele, não faltou vontade por parte do Flamengo e sim um minuto de desatenção no início, mas que há tempo para corrigir os erros. “Bola no chão e chegar com mais facilidade, era possível chegar”, garantiu.

 

 

 

Da mesma forma avaliou Vitor, autor do gol, para ele, a competição está em andamento e é possível melhorar dentro da disputa estadual. “A vitória veio, mas não conseguimos o ritmo que queríamos e temos que treinar mais, e estamos na fase de grupo, temos muitos jogos ainda”, garantiu.

O treinador Marquinhos falou da importância de uma vitória no clássico. “O fato da grande rivalidade da cidade marca a história e conseguimos de início a entrega dos jogadores, precisa fazer ajustes, mas foi muito positivo”, disse o treinador.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.