sábado, 5 de Abril de 2014 04:47h Luciano Eurides

Clássico Vasco da Gama e Flamengo ficou de bom tamanho para todos

A Copa Super Craque de Futebol colocou em campo as equipes do Vasco da Gama e Flamengo. O clássico foi jogado no estádio Doutor Sebastião Gomes Guimarães em três categorias: 2004/2003, 2002/2001 e 2000/1999.

A primeira exibição do Vasco da Gama dentro da Copa Super Craque foi na categoria 2004/2003, jogando dentro os próprios domínios e encarando o Flamengo em sua terceira exibição, com uma equipe que vinha de duas vitórias.
O Vasco da Gama abriu o placar ainda no primeiro tempo com Diogo. O Flamengo somente conseguiu o empate no segundo tempo, mas logo no primeiro lance. Uma boa arrancada, a defesa do goleiro, no rebote, o chute onde a bola se chocou bateu na trave e caminhou sobre a linha, e o centro avante Mairon apareceu para empurrar para dentro.
O time cruzmaltino sentiu o empate com sabor de derrota, mesmo porque criou outras boas oportunidades de gol. Em uma delas o zagueiro do Flamengo salvou em cima da linha. O time Rubro-Negro ainda contou com boa atuação do goleiro Eduardo.
O Vasco da Gama jogando em casa se deu bem na categoria 99-2000, em que venceu o Flamengo de Divinópolis pelo placar de 2 a 0. Os gols foram marcados por Gabriel e Bruno, ambos no segundo tempo da partida. O Flamengo tem uma vitória, um empate e uma derrota, nesta mesma ordem. Já o Vasco da Gama entra na competição com o pé direito de Gabriel e esquerdo de Bruno.
Em um primeiro tempo equilibrado, o Flamengo tinha de volta os dois laterais Guigui e Peruca, e com eles tentava as melhores jogadas. O Vasco da Gama se segurava, saia somente na posse de bola. A primeira etapa terminou sem gols e o resultado foi justo. Apenas o goleiro Ismael, do Vasco da Gama, fez uma defesa importante nos minutos iniciais.
No segundo tempo o jogo se iniciou novamente equilibrado. Aos dez minutos Patrick fez uma falta desnecessária. Na cobrança, Gabriel colocou a bola no cantinho, o goleiro Julio não alcançou, e caprichosamente a bola tocou no poste e correu na rede, 1 a 0 para a equipe da casa. Aos 27 minutos, quando o Flamengo esboçava a pressão sobre o Vasco da Gama, o atleta Bruno, de pé esquerdo, soltou a perna e acertou um lindo chute, forte e no ângulo, do gol de Breno Junior que nada pôde fazer.
O Flamengo iniciou a competição goleando o Sport, teve um empate frente ao Villa Formiga e na sequencia uma derrota para o Vasco da Gama. O grupo é experiente e a recuperação não será difícil. Já o Vasco da Gama tem a volta do treinador, Felipe Azevedo, reforços de Samonte, Lamounier e Itaúna. Com a equipe em crescimentom, a vitória dá moral para o cruzmaltino.
Na 2001/2002 em que o rubro-negro venceu de virada, o Vasco saiu na frente com um gol de Dudu ainda no primeiro tempo, a reação do time do Mendes Mourão foi toda no segundo tempo.
O time da Estação Velha teve mais maldade na partida. Soube jogar, se armar e aproveitar as falhas do adversário. A desatenção vascaína foi muito bem aproveitada por Rondinelle e Hugo que fizeram os gols do Flamengo.
O Flamengo vinha de derrota frente ao Vila Esporte de Formiga e, com a vitória, se recupera na competição. Já o Vasco foi à estreia e mostrou qualidades a serem trabalhadas. “Serviu de lição”, afirmou o atleta Gabriel do Vasco da Gama.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.