segunda-feira, 16 de Janeiro de 2012 13:24h

Clássicos marcam a rodada do voleibol masculino

 


A última rodada trouxe mudanças na classificação geral da Superliga masculina de vôlei 11/12. O Sesi-SP assumiu a liderança, enquanto a Cimed/SKY (SC) pulou para a segunda posição. Neste SÁBADO (14.01), os dois primeiros colocados estarão frente a frente. O duelo será às 21h, no ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo (SP), com transmissão ao vivo do canal Sportv.
Pelo lado do time paulista, que tem 17 pontos na tabela, a boa notícia fica por conta da volta do ponteiro da seleção brasileira, Murilo, que estava com inflamação no ombro. O jogador retornou na rodada passada, na vitória sobre o BMG/Montes Claros, e foi eleito o melhor da partida. Para o jogo contra a Cimed/SKY, Murilo afirma que o time não terá facilidade. “Tenho certeza que esse vai ser um jogo muito equilibrado. São duas equipes muito fortes, apesar dos jogadores que desfalcam as duas”, diz Murilo, sobre a ausência do central Rodrigão no time do Sesi-SP e do ponteiro Giba e do central Gustavo, seu irmão, na Cimed/SKY.
Particularmente, Murilo se sente bem para esse duelo e afirma que quer muito o resultado positivo. “Fiz um bom jogo contra o BMG/Montes Claros e não tem motivos para não conseguir jogar nessa próxima rodada. Sabemos que vai ser um jogo difícil e que teremos que correr atrás para conseguir essa vitória. E tudo que queremos é quebrar um tabu que vem sendo sustentado nas duas últimas Superligas, que é ganhar em casa. Nas duas edições, eles ganharam aqui em São Paulo e nós em Florianópolis”, destaca Murilo.
A Cimed/SKY, que soma 16 pontos na classificação geral, tem no oposto Rivaldo um jogador de segurança. Décimo maior pontuador da Superliga e quinto melhor jogador no ataque, Rivaldo espera colaborar ainda mais e levar a equipe catarinense a mais uma vitória na competição. “O nosso time está com a cabeça voltada para o Sesi-SP. Será um adversário muito forte. O time manteve a base do ano passado, quando foi campeão. Com isso, tem um entrosamento muito grande, coisa que estamos buscando na nossa equipe, que ainda está em formação”, comenta Rivaldo, que está no primeiro ano na Cimed/SKY depois de ser repatriado da Rússia.
Ainda sem contar com o ponteiro Giba e o central Gustavo, ambos lesionados, a Cimed/SKY buscou, segundo Rivaldo, ganhar forças através destes problemas. “Acho que o fato de estarmos sem peças tão importantes fez com que o grupo se unisse e fortalecesse ainda mais. E essa força vai ser fundamental para buscarmos a vitória sobre o Sesi-SP”, afirma Rivaldo.
A garantia de bom jogo neste sábado se dá, também, através das estatísticas. De acordo com os números, vários jogadores envolvidos no confronto estão em destaque. O Sesi-SP tem o maior pontuador da competição, o oposto Wallace Martins, com 122 pontos, além do quinto melhor bloqueador - o central Sidão (22.99% de sucesso). Outros destaques são o líbero Serginho, segundo melhor na defesa (28.70% de eficiência); e o ponteiro Léo Mineiro, primeiro na recepção (61.83% de eficiência).
A Cimed/SKY conta com duas grandes forças no ataque. O ponteiro João Paulo Tavares e o oposto Rivaldo são quarto e quinto colocados, respectivamente, neste fundamento, com 40.79% e 37.74% de aproveitamento. No saque, o central Éder é o líder, com 13.68% de eficiência.
Nas estatísticas por equipe, Sesi-SP e Cimed/SKY estão em equilíbrio. O time paulista é destaque na defesa (17.41%) e recepção (57.14% de eficiência), sendo o primeiro colocado, enquanto a equipe catarinense é a melhor nos fundamentos ataque (37.17%) e saque (6.30% de sucesso).

Sada Cruzeiro e Vivo/Minas fazem duelo mineiro

Se São Paulo receberá o confronto entre os primeiros colocados, a cidade de Contagemserá sede do duelo mineiro entre Sada Cruzeiro e Vivo/Minas. Os times jogarão no ginásio do Riacho, às 17h. Esse será, ainda, o jogo entre o quarto e o quinto colocados. “É um clássico e que tem tudo para ser muito equilibrado, pela qualidade dos times e pelo fato das duas equipes terem campanhas semelhantes. Estamos vivendo um bom momento na Superliga, um momento de crescimento, a equipe está jogando de maneira segura, com mais volume de jogo, e, principalmente, confiante. O Cruzeiro tem um grande time, o William vem fazendo um campeonato muito bom e nosso saque precisa ser eficiente para que ele não tenha o passe na mão para jogar”, explica o levantador, bicampeão da Superliga (2004/1997).
Sada Cruzeiro e Vivo/Minas têm campanhas muito parecidas. Ambos têm 14 pontos, cinco vitórias e duas derrotas. A diferença fica apenas no saldo de sets. O Sada Cruzeiro tem 17 sets vencidos e nove perdidos, enquanto o Vivo/Minas tem 16 vitórias e nove derrotas.

Outros três jogos complementam a rodada
A oitava rodada da Superliga masculina terá, ainda, outras três partidas. Às 18h, o RJX (RJ) receberá o Vôlei Futuro (SP) no ginásio do Maracanãzinho. Os dois times buscam a vitória depois de derrotas na rodada passada.
Às 19h, serão realizados dois jogos. O Volta Redonda enfrentará o BMG/Montes Claros (MG) no ginásio Ilha São João, em Volta Redonda (RJ), enquanto a UFJF (MG) jogará contra a Medley/Campinas (SP) no ginásio da UFJF, em Juiz de Fora (MG).


 

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.