quinta-feira, 6 de Dezembro de 2012 08:54h

Clube Atlético Mineiro é reconhecido no futebol internacional

Ronaldinho Gaúcho é mais do que um ídolo de clube. Pentacampeão do mundo em 2002, craque de bola como poucos, é ídolo dos brasileiros.

Ronaldinho Gaúcho é mais do que um ídolo de clube. Pentacampeão do mundo em 2002, craque de bola como poucos, é ídolo dos brasileiros. Mas na sua vitoriosa carreira não poderia faltar conquistar uma massa de torcedores tão apaixonada como é a do Atlético Mineiro. Não falta mais. “Fui muito bem recebido no Atlético, tenho muito orgulho de ser tão querido pelos seus torcedores e tento retribuir dentro de campo”.
Ao mostrar de novo o seu futebol de exceção, Ronaldinho conquistou o direito de ser eleito para a seleção do campeonato e também de participar da Taça Libertadores da América 2013. “Este é um título que o Atlético não tem, e espero contribuir para dar essa alegria ao seu torcedor, que é tão apaixonado pelo clube”.
De bem com a bola e com a vida, Ronaldinho, além de abrilhantar a seleção do campeonato, foi eleito ainda o Craque da Galera.   “Essa é mais uma alegria, ser escolhido pelo torcedor, me deixou muito feliz”.
Na carreira do mineirinho Bernard, de Belo Horizonte, está tudo acontecendo muito rapidamente. Revelado pelo Atlético Mineiro, chega a 2012, aos 20 anos, com a trajetória em ascensão graças ao talento de quem sabe jogar futebol.
Eleito a revelação do campeonato, teve durante a competição um desempenho que chamou a atenção para o potencial de alguém que poderá ser brilhante no futuro. Tanto despertou a atenção que acabou convocado por Mano Menezes pela primeira vez para a Seleção Brasileira. “Está tudo acontecendo rapidamente, para a minha felicidade, e 2012 foi um ano maravilhoso”, disse.
Bernard ajudou com seus gols e jogadas o Atlético Mineiro a conquistar o direito de participar da Taça Libertadores da América 2013. “Estou ansioso para disputar a Libertadores, uma competição que sempre gostei de acompanhar como torcedor. Agora, estarei em campo, e espero continuar jogando um bom futebol para merecer também voltar a ser convocado para a Seleção Brasileira”.
No evento, os craques do ano, os melhores do Brasileiro, receberam a consagração dos torcedores e admiradores.  Diego Cavalieri, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Carlinhos, Jean, Ronaldinho, Lucas, Neymar, Fred, Bernard, a revelação, Abel, o melhor técnico, Fred, o artilheiro e o craque do campeonato. Faltou Paulinho, do Corinthians, impedido de comparecer por um motivo justo: viaja no início da madrugada para o Japão, onde disputará o Mundial Interclubes.
Os melhores de 2012, escolhidos democraticamente por um colégio eleitoral credenciado, mostraram-se orgulhosos de participar da festa em que foram merecidamente homenageados e reconhecidos pelo grande desempenho na temporada.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.