sexta-feira, 11 de Novembro de 2011 13:07h Luciano Eurides

Coluna Luciano Eurides: Neymar é o exemplo

 


NEYMAR É O EXEMPLO


Precisamos de exemplos bons para nossos atletas. Neymar é copiado por garotos de todas as idades, principalmente porque passa um ar de moleque travesso e ao mesmo tempo tem um futebol de gente grande. O bom humor de sempre acabou cativando fãs em todo o mundo. A retribuição dele é simples e gratuita. Belém do Pará foi a mostra. Aquele pequeno choro na hora do hino nacional, demostra o quanto ele é focado no trabalho. A bola que ele chutou e essa foi de encontro a uma pessoa que nem tinha em casa o que comer, é um sinal dele ter uma estrela maior.
As criticas da decisão dele ficar no Brasil já apareceram. Certamente ele precisa se preocupar com o financeiro, hoje ele tem o suficiente, é bem estruturado. Dagoberto por duas vezes se viu sem nada, há intemperes na vida e ele não está alheio a elas. Não podemos é ficar criticando o fato dele escolher pela felicidade. Se escolheu o Brasil, seja os torcedores responsáveis em incentivá-lo sempre.
Além do estilo de cabelo, o jovem talento é um menino cheio de saúde e alegria. Se nossos atletas assim viverem o dia a dia, terão ainda mais prazer em fazer o que tanto gostam.
Dono de grandes exibições com a camisa do Santos, titular da Seleção Brasileira e indicado à Bola de Ouro 2011, prêmio da Fifa em conjunto com a revista France Football, o atacante Neymar vive uma grande fase em sua carreira. Sucesso principalmente entre crianças e adolescentes, o camisa 11 santista sabe da responsabilidade que o cerca por conta da idolatria nutrida por torcedores.

 

Copa Divinópolis


A competição terá o encerramento da primeira fase nesse fim de semana e certamente de uma forma mais clara estamos entendo melhor o funcionamento da disputa.
Primeiramente é necessário ter atenção máxima ao regulamento, muito bem elaborado e com colocações interessantes, especialmente no quesito punição. Os dirigentes não costumam ler e depois não precisam chorar. Ao contrário da Copa Rural e Copinha, na Copa Divinópolis estou me municiando de toda a documentação, para se tiver de publicar as reclamações, que sejam verdadeiras!
Com relação ao número de substituições e preenchimento de súmula foi realizado um treinamento para todos e se houve dúvidas, certamente não compareceram. O modelo é o mesmo da CBF, novidade sim, mas se queremos mudar de patamar, é para cima e concordo em mudanças, desde que seja para melhor.
Ainda, fui informado pelo coordenador das dificuldades de tempo. A competição somente foi possível graças ao empenho de toda a secretaria e a parceria com o Banco Bonsucesso. Sabemos do tempo empenhado na negociação foi extraído do planejamento, como a competição é um tiro curto, concordo com as inovações, serão bem vindas e se bem avaliadas teremos um 2012 mais organizado!

 

 

Mineiro 2012


Ficou decidido que os juízes mineiros serão prestigiados na competição. Contudo, de acordo com o andamento das partidas e da atuação dos árbitros, profissionais de fora poderão ser convocados. “A gente lutou para melhorar algumas coisas, como a questão da arbitragem. O Villa Nova foi a equipe mais prejudicada do ano passado”, afirmou Nélio Aurélio, diretor de futebol do time de Nova Lima.
O diretor administrativo da Comissão de Arbitragem da Federação Mineira de Futebol, Juliano Lopes Lobato, ressaltou que o trabalho feito durante o ano vai agradar aos clubes. O ex-árbitro está otimista com a arbitragem mineira para o Estadual.

 

DESTAQUE
Vem das categorias de base. Vinícius Paulo está em uma fase espetacular. Fez dois gols no América dentro da casa deles. Teve uma grande apresentação nos campeonatos da cidade e em Itaúna é o grande destaque da competição. Não tenho medo de afirmar que em breve um (ou mais) time da capital já o leve. Cruzeiro, Atlético e América não estão dormindo!

 

 


 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.