COM 3 DE NEYMAR, BRASIL REAGE E VIRA SOBRE O PERU.

Depois das entradas dos Evertons Ribeiro e Cebolinha, seleção evolui e consegue sair vitoriosa de campo.

14 OUT 2020

CARLOS HENRIQUE MONTEIRO.

 

Com transmissão em televisão abera somente pela Tv estatal TV Brasil, já que a Globo, que normalmente passa os jogos da seleção, não tinha os direitos de transmissão, e como é uma obrigação que a Lei Pelé impõe as tvs brasileiras, “Art. 84-A. Todos os jogos das Seleções Brasileiras de futebol, em competições oficiais, deverão ser exibidos, pelo menos, em uma rede nacional de televisão aberta, com transmissão ao vivo, inclusive para as cidades brasileiras nas quais os mesmos estejam sendo realizados. (Incluído pela Lei nº 9.981, de 2000).” , acabou sendo a única a passar esse jogo. O EI Plus, pela internet, também transmitiu a partida, mas somente para quem assina o serviço.

O Brasil de Neymar começou mal o jogo. Jogando somente com um volante, a seleção se mostrou exposta a alguns contragolpes, e Carrrillo aos 6 min, abriu o marcador para os peruanos. 1x0.

O Brasil empatou com Neymar cobrando pênalti aos 28, e o primeiro tempo acabou terminando assim.

A segunda etapa, aos 14 minutos, Tapia aumentou para os peruanos, preocupando os torcedores brasileiros. Mas a vitória peruana só durou 5 minutos, pois Richarlison aos 19, já deixou tudo igual para os brasileiros. 2x2.

Pensando na vitória, Tite colocou Everton Ribeiro, meia do Flamengo, e Everton Cebolinha, ex-Gremio e hoje no Benfica, nos lugares de Roberto Firmino e Coutinho respectivamente , que estavam apagados no jogo. E se ambos estavam apagados, os evertons estavam acessos, e eles foram decisivos para melhorar o Brasil, e Neymar marcou os dois últimos gols. O terceiro de pênalti, e o quarto depois de jogada de cebolinha, para Everton Ribeiro que dá cavadinha para tirar do goleiro e acertar a trave, e Neymar pega a sobra e guarda na rede. 4x2.

Com os 3 gols, Neymar chegou aos 64 gols, e é o segundo maior artilheiro da historia da seleção brasileira, perdendo somente pra Pelé com 77, e superando Ronaldo.

Os próximos compromissos da seleção brasileira serão dia 14/11 contra a Venezuela, e dia 17/11 contra o Uruguai.

© 2009-2020. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.