segunda-feira, 6 de Agosto de 2012 12:18h Gazeta do Oeste

Com jejum que chega a oito jogos, Romarinho é defendido por Tite

 A lesão no tornozelo esquerdo de Emerson, a saída de Alex e depois uma contusão de Jorge Henrique abriram espaço para Romarinho ganhar a vaga de titular desde a decisão da Copa Libertadores com o Boca Juniors. O jejum de gols do atacante no Brasileirão completou oito jogos no empate em 0 a 0 com Vasco (veja os melhores momentos do jogo no vídeo ao lado). Ao mesmo tempo em que o treinador alvinegro Tite compara a função do jovem jogador com a desempenhada por Sheik, ele diz que o peso e a maturidade do dono da posição fazem a diferença.

 

 

– Romarinho está fazendo função parecida com a do Emerson. É jogador de um contra um, de velocidade, dá assistência, consegue quebrar a marcação adversária, é agudo. Mas não posso comparar, pois não tem a experiência e o peso do Emerson. Errado seria se eu quisesse a mesma maturidade do garoto – afirmou Tite.

 

Romarinho estreou com a camisa do Corinthians no clássico contra o Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro. Ele fez os dois gols da virada por 2 a 1. O primeiro de letra e o segundo após chute de fora da área. A boa atuação o credenciou a ficar no banco de reservas contra o Boca Juniors, na primeira partida da final da Taça Libertadores da América. Com 1 a 0 contra, Tite o colocou em campo e ele marcou o gol de empate, por cobertura. Estes foram os três gols marcados por ele desde a sua chegada. Depoois disso, ele não marcou mais.

 

 Para o jogo com o Vasco, Romarinho chegou a ter a vaga ameaçada por Paolo Guerrero. Mas teve a titularidade preservada por Tite, que também fez um escudo protetor para o jovem jogador.

 

 

– Não posso exigir demais do atleta, do entrosamento, isso precisa de tempo, natural que seja assim, mas fiquei contente com o empenho e a personalidade em um jogo fora de casa – completou Tite.

 

O Corinthians volta a campo na quarta-feira, quando enfrentará o Atlético-GO, no Pacaembu. A partir desta segunda, Tite começará definir a equipe para a partida.

 

 

Na semana passada, Emerson fez apenas trabalho na fisioterapia por conta da torção no tornozelo esquerdo. O atacante, que ainda voltará a trabalhar com bola, dificilmente terá condições para a próxima partida.

 

 

 

 

 

 

 

G1

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.