segunda-feira, 25 de Julho de 2011 10:20h Site Atlético Mineiro

Com pênalti inexistente, Galo perde em Ipatinga

Em jogo válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Atlético perdeu por 2 a 1 para o Vasco, neste domingo, em Ipatinga. O gol do Galo foi marcado por Magno Alves e Diego Souza fez os dois gols da equipe carioca, o segundo deles em um pênalti inexistente no final do jogo. Na próxima rodada, quarta-feira, o adversário será o Fluminense, novamente em Ipatinga.

 

O JOGO

 

O Atlético teve a primeira boa chance do jogo no chute de longa distância do meia Caio, defendido pelo goleiro Fernando Prass. No ataque seguinte, o cruzamento de Guilherme Santos pela esquerda encontrou Patric na segunda trave, mas a finalização do lateral foi em cima do goleiro.

 

Apesar do bom início, o Galo sofreu um gol aos 17 minutos, quando Diego Souza cabeceou após cruzamento pelo lado direito do ataque vascaíno.

 

O Atlético não se abateu e saiu em busca do empate. Aos 27 minutos, Serginho cobrou falta com muita força e a bola saiu por cima do gol. Em seguida, novamente em cobrança de falta, Daniel Carvalho levantou a bola na área e Fernando Prass interceptou o cruzamento.

 

Depois de uma sequência de escanteios, o Galo chegou ao empate em um bonito gol de Magno Alves. No lance, ele recebeu um passe magistral de Daniel Carvalho, invadiu a área pela direita e tocou rasteiro entre as pernas de Fernando Prass: 1 x 1.

 

O Galo ainda teria uma oportunidade aos 42 minutos, quando Daniel Carvalho cobrou falta e Leonardo Silva cabeceou por cima do gol.

 

SEGUNDO TEMPO

 

O Galo retornou do intervalo sem alterações e chegou ao ataque pela primeira vez no lançamento de Daniel Carvalho para Magno Alves, mas a defesa carioca conseguiu cortar a jogada.

 

O Vasco ameaçou com duas bolas na trave e, aos 17, Réver cabeceou com perigo, por cima do gol. No minuto seguinte, Daniel Carvalho e Jonatas Obina foram substituídos por Mancini e Neto Berola, respectivamente.

 

Aos 20 minutos, a bola pegou no ombro de Réver e o árbitro marcou pênalti inexistente para o Vasco. Alecsandro cobrou e Giovanni fez a defesa. Em seguida, Neto Berola foi derrubado na área e o árbitro mandou seguir o lance.

 

O técnico Dorival Júnior promoveu a terceira alteração na equipe aos 33 minutos, substituindo Caio por Renan Oliveira. O Galo levou perigo na jogada de Neto Berola pela esquerda, mas o atacante atleticano acabou sendo desarmado.

 

Aos 45, o árbitro marcou mais um pênalti inexistente para o Vasco e expulsou Leonardo Silva, que fez a falta fora da grande área. Diego Souza fez a cobrança e marcou o segundo gol do Vasco.

 

FICHA TÉCNICA

 

ATLÉTICO 1 x 2 VASCO
 

Motivo: 11ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 24/07/2011
Estádio: Ipatingão
Cidade: Ipatinga
Gol: Diego Souza (17’) (90’), Magno Alves (40’)
Publico pagante: 16.100
Renda: R$71.977,00
Árbitro: Edivaldo Elias da Silva (PR)
Auxiliares: Moisés Aparecido de Souza (PR) e Anderson Coelho (SP)
Cartões amarelos: Patric, Serginho, Guilherme Santos, Leonardo Silva, Réver (Atlético); Anderson Martins, Eduardo Costa (Vasco)
Cartão vermelho: Leonardo Silva (Atlético)

 

Atlético
Giovanni; Patric, Réver, Leonardo Silva e Guilherme Santos; Richarlyson, Serginho, Caio (Renan Oliveira) e Daniel Carvalho (Mancini); Magno Alves e Jonatas Obina (Neto Berola). Técnico: Dorival Júnior.

 

Vasco
Fernando Prass; Fagner, Dedé, Anderson Martins e Márcio Careca; Eduardo Costa (Jumar), Rômulo, Diego Souza e Julinho (Bernardo); Éder Luis e Alecsandro (Elton). Técnico: Ricardo Gomes.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.