sexta-feira, 6 de Julho de 2012 17:07h Luciano Eurides

Começa a grande decisão da Copa Rural

As comunidades de Choro, Cacôco de Cima, Inhame e Córrego Falso estão envolvidas e em festa pela chegada da final da Copa Rural 2012. O primeiro jogo da final será domingo sendo que o Choro recebe o Cacôco na categoria aspirante e o Córrego Falso recebe o Inhame na categoria principal. A decisão será no dia 15, no estádio João Belarmino Gomes, em Santo Antônio dos Campos.

 


Na categoria aspirante o Cacôco de Cima passou pelo Perobas ao empatar em 1x1. Depois de um primeiro tempo onde os goleiros não tiveram muito trabalho as equipes tiveram de efetuar mudanças. O Cacôco tirou Nildão e Willian para a entrada de Romarinho e Ricardo, o time das Perobas colocou Hugo no lugar de Adriano. A equipe Perobas precisava da vitória para levar a decisão para os pênaltis e fez o primeiro gol, depois de um bate e rebate na área do Cacôco, Valdeci apareceu para fazer 1x0. O empate veio no minuto final de partida, uma falta na intermediária, bem no lado direito do ataque do Cacôco, Romarinho de perna direita bateu a bola que passou por todo mundo e entrou no gol, classificando o time para a final.

 


O autor do gol, Romarinho garante que a equipe está forte e bem preparada para lutar pelo título inédito para a comunidade. “Estamos em campo para isso, vim hoje ajudar e fui feliz na cobrança de falta e quero ajudar o time. Vamos forte, estamos lutando desde o início do campeonato, agora o grupo está fechado e vamos para o título”, falou e garantiu haver entrosamento embora esse tenha sido o primeiro jogo dele pela equipe. “Somos amigos, jogamos juntos e vim dar essa força e agora é descansar para ganhar o campeonato”, disse. O adversário será o Choro. O time dos Costas, favorito até encontrar-se com o Choro perdeu a primeira partida da semifinal por 1x0, venceu no último domingo por 4x0, a decisão foi para as cobranças de pênaltis e o Choro se deu bem. Zé Carlos pegou a cobrança de Hagamenon e decidiu a classificação da equipe.

 


Na categoria principal o Inhame venceu duas vezes o time do Choro, no tempo normal por 2x1 e nas penalidades por 2x0. O Inhame saiu na frente, logo aos 13 minutos de jogo, Fidélis chutou forte da intermediária, o goleiro não conseguiu segurar e Abihan apareceu para marcar o gol. O Choro empatou com Felipe Remelexo. Paulinho cobrou a falta, Ronaldo cabeceou e Felipe Remelexo se atirou na bola para empatar a partida.
Com o resultado a decisão foi para os pênaltis onde Felipe Remelexo chutou para a defesa de Anderson, Adilson Burro marcou para o Inhame e Paulinho fez a segunda cobrança para fora do gol. Pablo foi para a quarta cobrança e encerrou a série de melhor de três, fazendo 2x0.

 


Pablo Ferreira, cobrador do último pênalti garantiu a equipe credenciada para a final. “Estamos tranquilos, temos a vantagem de fazer o segundo jogo em casa e vamos com tudo para o primeiro jogo, pois queremos matar lá mesmo. Perdemos de 1x0 lá e ficamos muito ansiosos, querendo fazer logo o gol e garantir a disputa nos pênaltis, o regulamento é esse e tivemos de seguir”, o adversário na final será o Córrego Falso, o time de Camilo Lélis perdeu o jogo para Amadeu Lacerda por 2x1, mas Linho defendeu as cobranças de pênaltis e garantiu a equipe na grande final.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.