sexta-feira, 23 de Novembro de 2012 04:27h Luciano Eurides

Começam as definições para o início do Campeonato mineiro de 2013

O Campeonato Mineiro que já está definido e se inicia no dia 3 de fevereiro, começa a conhecer alguns nomes que farão parte da disputa. Na tarde desta quarta-feira, o Villa Nova de Nova Lima anunciou o desligamento do ex-jogador Reinaldo do comando técnico da equipe. O time que ainda disputa a Taça Minas Gerais, será treinado pelo auxiliar técnico Rubens Ferreira, o Rubão nas rodadas finais da competição. O Villa Nova ainda anunciou o nome do substituto, trata-se de Alexandre Barroso, nome conhecido no interior de Minas Gerais e com passagens por diversos times. Com o anuncio feito pelo Villa, somente o Tupi da cidade de Juiz de Fora ainda não tem o treinador definido para o Campeonato Mineiro do ano que vem. Os treinadores já definidos são:

 


América-TO: Gilmar Estevan
Araxá: Ney da Matta
Boa Esporte: Sidney Morais
Caldense: Tarcísio Pugliesi
Guarani: Leston Junior
Nacional: Alexandre Grasselli
Tombense: Marcelo Cabo
Villa Nova: Alexandre Barroso
 


Na capital apenas o Cruzeiro não tem treinador definido, já que Celso Roth não permanecerá no comando do time celeste para a temporada 2013. o América será comandado por Vinícius Eutrópio e o atual campeão Atlético anunciou na ultima segunda-feira a renovação de contrato do técnico Cuca.

 

Nacional

 

O Nacional, que está de saída de Nova Serrana anunciou que disputará o Campeonato Mineiro na cidade de Patos de Minas, utilizando da estrutura do estádio Bernardo Rubinger, de propriedade do Mamoré. O presidente Amarildo Ribeiro, acertou a parceria com o clube patense, mas não divulgou maiores detalhes, o que deve ser feito ao final da Taça Minas Gerais. Patos de Minas conta com dois clubes e uma rivalidade acirrada entre o Mamoré e a URT, que dividem a cidade ao meio em questão de preferência futebolística. Os dois disputam atualmente o Módulo 2, equivalente a segunda divisão do futebol mineiro.

 


A cidade no entanto, não deve ser residencia definitiva do Nacional, já que a possibilidade de se mudar de vez para Pouso Alegre no sul do estado, ainda existe e pode acontecer no segundo semestre. A parceria só não foi concretizada por que o estádio municipal da cidade, o Manduzão, ainda passa por reformas e não ficaria pronto a tempo da disputa do Campeonato Mineiro 2013.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.