segunda-feira, 2 de Janeiro de 2012 17:34h Atualizado em 4 de Janeiro de 2012 às 09:51h. Luciano Eurides

Começou hoje a Copa São Paulo de Futebol Junior

A 43ª edição da Copa São Paulo de Futebol Junior, a mais importante do país para a categoria, teve inicio na terça com oito jogos. A competição segue até dia 25 de janeiro, aniversário da cidade de São Paulo quando se faz a decisão. O time do Cruzeiro faz a estreia hoje, contra o ABC de Natal. O Galo estreia amanhã contra o CRB. O América entra em campo dia 5 contra o Avaí e o Uberlândia joga no mesmo dia, contra o Sport Recife.


Campeão mineiro júnior deste ano à frente do comando da equipe cinco estrelas, o técnico Paulo Ricardo utiliza a base da equipe que conquistou o título estadual e que também participou do Campeonato Brasileiro Sub-20 para armar o time que irá disputar a Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2012. De acordo com o treinador, praticamente a metade da equipe que deverá começar jogando a Copa São Paulo esteve em campo no Brasileirão e o objetivo agora é fazer com o time esteja mais encorpado e com padrão ideal de jogo. “Temos um novo grupo de jogadores. A base são os nascidos em 93, com os 94, e podendo ainda entrar um ou outro 95. Cinco atletas que participaram do Campeonato Mineiro e do Campeonato Brasileiro montam o esqueleto do time que deve começar jogando e estou trabalhando para a equipe estar com o jogo mais consolidado”, comentou ele, se referindo ainda à transição de alguns destes jogadores para os profissionais, especificamente para o final de 2012. “Nosso principal objetivo é que, no final do ano que vem, os 93 possam estar em condições de servir ao profissional e outros em transição para times de menor porte e depois seguirem para os profissionais”.


O Internacional também entra em campo hoje. O resultado do trabalho bem feito nas categorias de base do time gaucho fica evidente no final de cada temporada. Em 2011, a dedicação das equipes coloradas, respaldada pelos profissionais em volta dos jogadores, rendeu frutos especiais, tanto na questão dos títulos como também na de jogadores utilizados no grupo principal e na de convocações para as seleções de base do Brasil.
Em uma retrospectiva sobre o ano da categoria de base d demonstrou que o trabalho do quadro funcional do departamento, dentro e fora do campo, ao longo dos anos, foi fundamental para tal sucesso e para atingir o seu principal objetivo: formar atletas de ponta para o Internacional.
Muitos foram os atletas utilizados pelo grupo principal, oriundos da base, neste ano.  Alguns deles serão relembrados aqui. Depois do Inter B representar o Clube na Taça Piratini (primeiro turno do Campeonato Gaúcho), dois jogadores passaram a integrar o time de cima: o zagueiro Rodrigo Modelo e o meia Ricardo Goulart. O primeiro se sobressaiu e foi destaque da equipe colorada, terminando a temporada como titular absoluto do técnico Dorival Júnior.


Um momento marcante do uso dos garotos colorados neste ano foi na disputa da Copa Audi, na Alemanha. O então treinador interino Osmar Loss convocou atletas como o atacante Lucas Roggia, o lateral-esquerdo Zé Mário, o volante Elton e o meia João Paulo. Como havia muitos desfalques na equipe, por conta de lesão, coube aos colorados da base assumir a responsabilidade contra os principais clubes do mundo: Barcelona, Milan e Bayern de Munique. Eles deram conta do recado e foram destaques no empate com o Barça e na vitória por pênaltis diante do Milan, terminando na terceira colocação do torneio. Além de títulos e convocações para os times de base da Seleção Brasileira, as divisões menores do Inter atenderam com brilhantismo à meta de subir jogadores para a equipe principal.


Outro grande clube a estrear é o Palmeiras. Em ritmo acelerado de preparação, o Porco estreia na Copa SP de Futebol Junior contra o Linhares, no dia 3 de janeiro, às 19h, com transmissão pelo Sportv. O Verdão está no Grupo E, com sede em Araraquara, ao lado das seguintes equipes: Ferroviária, de Araraquara, Linhares, do Espírito Santo, e Rondonópolis, do Mato Grosso.

 

A comissão técnica do Palmeiras convocou 30 jogadores, sendo que 10 deles fizeram parte do time campeão paulista sub-17 diante do Santos, no início deste mês: Bruno Sabiá, Bruno Dybal, Hugo, Lucas Taylor, Luiz Gustavo, Lima, Gabriel, Vinicius Silvestre, João Denoni e João Mansur.
Em toda a história da competição, o Palmeiras fez 161 partidas, com 77 vitórias, 37 empates, 47 derrotas, 303 gols pró e 183 gols contra. O time do Palestra Itália ainda não conquistou a Copa São Paulo de Futebol Júnior. Sua melhor colocação foram os vice-campeonatos em 1970 e 2003. Em outras sete oportunidades, o alviverde parou nas semifinais.

 


Jogos de hoje

Copa São Paulo Futebol Junior



03-01 14h América -SP X  Mirassol-SP
03-01 14h Internacional-RS  X Confiança - SE Sportv
03-01 16h Cruzeiro-MG  X ABC-RN Sportv/ESPN
03-01 16h Lemense -SP X  Santo André -SP
03-01 17h Ferroviária -SP X   Rondonópolis-MT
03-01 19h Palmeiras-SP X  Linhares-ES Sportv
03-01 19h São Carlos-SP X  União São João - SP TV Mais
03-01 21h Flamengo X  Aquidauanense - MS Rede Vida/Band Sports/ESPN/Sportv

 

 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.