sexta-feira, 22 de Fevereiro de 2013 05:19h

Concentração total na Libertadores

O capitão Réver espera uma disputa acirrada diante do Arsenal, na próxima terça-feira, em Sarandi, na Argentina, pela 2ª rodada do Grupo 3 da Copa Bridgestone Libertadores.

O jogo será disputado às 21h45, no estádio Julio Grondona. “Sabemos que na Libertadores tem catimba, principalmente por parte dos argentinos. É um estádio onde a pressão é muito grande, o torcedor fica praticamente dentro do campo, mas temos que estar preparados para tudo. É nosso primeiro desafio fora de casa e não podemos perder a cabeça com essas coisas, pois seria um passo atrás. Então, temos que ter atenção para que isso não prejudique nosso trabalho”, disse o zagueiro. “A gente espera, nessa semana, acertar os detalhes que estamos errando para chegar na Argentina e fazer um jogo de erro zero”, acrescentou o defensor.
Réver concluiu reafirmando a necessidade de atenção para evitar surpresas. “As equipes da Argentina são sempre complicadas, aguerridas não se entregam, principalmente vindo de derrota. Por isso, temos que estar preparados para tudo. Temos que manter o foco no nosso objetivo para que possamos sair de lá com um bom resultado”.
O atacante Luan, contratado junto à Ponte Preta, tem aproveitado bem a oportunidade no Atlético-MG. O jogador tem agradado ao técnico Cuca e foi destaque no jogo-treino contra o Progresso, de Angola, que faz pré-temporada no Brasil. O atleta se mostra feliz e espera adquirir ritmo de jogo rapidamente. "Este jogo treino foi muito importante. Estava errando muito passes no início. Mas procurei me movimentar. Assim você pega ritmo de jogo e vai entrando no decorrer das partidas. Sempre fui assim, de correr, de buscar, marcar e de também fazer gols", declarou.
Luan chegou ao Galo lesionado e só estreou no jogo contra o São Paulo, pela Copa Libertadores da América. No último domingo, o jogador foi titular contra o Araxá, substituindo Ronaldinho Gaúcho, poupado. Aos poucos, Luan garante que vai entendendo melhor o que é pedido por Cuca. "Esses treinos são muito importantes porque você vai conhecendo o jeito que o professor gosta. Quero entrar no meu ritmo e ficar 100% o mais rápido possível. A filosofia do treinador é essa: de dois jogadores pelas beiradas, que marcam e fazem gols também. Mas estou melhorando. Espero estar bem o mais rápido", finalizou Luan.
O próximo compromisso alvinegro nesta temporada está marcado para esta terça-feira, com o Arsenal Sarandí, da Argentina, fora de casa, pela segunda rodada do Grupo 3 da Libertadores.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.