quarta-feira, 12 de Setembro de 2012 10:13h Gazeta do Oeste

Convocado, Marcos Rocha chora na coletiva ao lembrar do passado difícil

Convocado pela primeira vez para a Seleção Brasileira, o lateral-direito Marcos Rocha se emocionou ao falar da difícil trajetória no futebol. Ele foi revelado pelo Atlético, mas, sem oportunidades, foi emprestado ao Uberlândia, CRB, Ponte Preta e América.

 

Marcos Rocha revelou que chegou a passar dificuldades antes de se consolidar com a camisa alvinegra. ”Sai da base e não consegui apresentar o mesmo futebol. Fui emprestado ao CRB. Lá, tinha que escolher entre almoçar ou jantar. Não tinha dinheiro, e o Atlético estava passando por um momento conturbado, sem presidente”, disse.

 

Ele acompanhou o anúncio da convocação do técnico Mano Menezes para o Superclássico das Américas, contra a Argentina, pela televisão.

 

“Estava com o Danilinho no quarto e não acreditei. Minha mãe me ligou chorando e não aguentei. Essa é mais uma etapa importante que estou tendo na carreira e espero ser lembrado outras vezes”, afirmou.

 

Bernard

 

Bernard também vibrou com a convocação. “Tudo tem seu momento. Não fui para a Olimpíada, mas agora chegou a minha vez. Vou fazer meu trabalho e a oportunidade está ai. Estou preparado para fazer o que venho fazendo no Atlético”, comemorou.

 

 

 

 

 

 

 

SUPERESPORTES

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.