quarta-feira, 27 de Junho de 2012 16:10h Luciano Eurides

Copa Internacional de Mountain Bike reúne grande público

A decisão de receber o evento Copa Internacional de Mountain Bike na cidade movimentou atletas da cidade, região e também o público que foi ao parque de exposições na esperança de ver os grandes nomes do ciclismo internacional.

 


A Superelite masculina, elite feminina foi prova mais disputada no Parque de Exposições. Rubens Donizete e Érika Gramiscelli, ambos mineiros, foram os vencedores da prova, que contou com mais de 800 atletas em diversas categorias entre profissionais e amadores. Com este resultado, os dois competidores abriram grande vantagem sobre os concorrentes e estão muito próximos de conquistar o quinto título da prova e se tornarem de vez os maiores vencedores das edições da Copa Internacional. Isabela Lacerda e Edvando Souza Cruz, foram os segundos colocados da nova pista de 5,5km.

 


Rubinho é o representante brasileiro na Olimpíada de Londres, ficou surpreso com o próprio resultado, pois havia feito uma atividade intensa para reforçar a musculatura e resistência visando os jogos olímpicos. ” Não esperava andar tão forte. Ainda mais em uma pista nova, com muitas curvas, técnica e desconhecida para todos. Foi bom por isso e ganho confiança para seguir firme antes de viajar”, disse o líder da Copa.

 


O público estimado em 8 mil pessoas (número da organização da prova) para uma capacidade total de 9900 pessoas, segundo normas do parque e dos bombeiros.A próxima etapa da Copa internacional de Mountain Bike será em Congonhas, no dia 18 e 19 de agosto. São esperados mais de 1400 atletas inscritos para subir as montanhas e curtir de perto a cidade que é patrimônio natural da humanidade.

 

Avaliação

 


A secretaria de esportes e lazer de Divinópolis deverá fazer uma avaliação sobre a realização dessa etapa Divinópolis. Os participantes elogiaram a pista e criticaram a rede hoteleira. Ednê Regina e Simone Rodrigues vieram da capital mineira acompanhar os filhos que participaram das provas. Segundo elas embora o preço dos hotéis estejam dentro da realidade, não foi fácil localizar o hotel e nem a alimentação.

 


Simone Rodrigues chamou a atenção pela falta de padarias, lanchonetes e até mesmo o comercio funcionando. Segundo Ednê Regina em São Lourenço a cidade se prepara para receber os atletas. No Parque de Exposição não existia uma alimentação própria para atletas e nem arquibancada para o público que tinha de se aventurar.

 


Breno Esteves da Costa veio com a família de Petrópolis e elogiou a pista. “Constante, pedal a todo tempo, poucas subidas”, mas na questão hoteleira encontrou dificuldades e até mesmo para localizar o parque de exposições, pois não havia sinalização nas ruas da cidade, a saída foi o GPS.

 

Público

 


Embora a organização tenha divulgado 8 mil pessoas a sensação dentro do parque era de um número imensamente menor. Pessoas passeavam com cachorro, as vezes alguns invadiam a pista e era necessário muita habilidade para retirá-los. Ainda pessoas levaram carrinhos de controle remoto os jogando contra as pessoas presentes. A organização nem se deu conta dos acontecimentos.

 


Preço

 


Para quem pensa em iniciar-se no mountain bike pode preparar o bolso. Sapatilha R$266,00, capacete R$390,00, Macacão R$535,00. Um dos participantes estava com um capacete de R$500,00, camisa e bermuda de 150,00, meia R$15,00, luva R$50,00 e óculos R$200,00, ou seja,R$915,00 apenas em roupas, fora a bicicleta, manutenção em especial pneu e suspensão.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.