sexta-feira, 20 de Junho de 2014 07:12h Atualizado em 20 de Junho de 2014 às 07:20h. Luciano Eurides

Copa Super Craque termina em grande estilo

Foram jogadas na tarde do último sábado as finais da Copa Super Craque de futebol de base.

Foram três jogos realizados no Astrogildo Duarte, o campo do Nacional, em Nova Serrana, e contaram com um bom público. Foram cinco diferentes equipes, pois  somente o Vila de Formiga classificou-se em duas categorias.
No primeiro jogo, pela Categoria 99/2000, o Vila (Formiga) se mostrou mais bem postado em campo, tocando a bola e envolvendo o adversário, porém sem objetividade. A equipe do Itatiaia (Itatiaiuçu)  jogava mais na vontade, desorganizada, mas muito determinada. E essa determinação rendeu três gols no segundo tempo com destaque para o atacante, Erick, autor de dois deles. O time do Itatiaia foi superior na vontade e na insistência.
No 2001/2002 o Vila voltava a campo, desta vez contra o Palmeiras e mais uma vez teve que se contentar com o vice-campeonato. O Palmeiras abriu o marcador ainda no primeiro tempo com Caio César, um dos artilheiros da competição com nove gols, o Vila pressionava, chegava ao gol adversário, mas como na Categoria 99, não acertava no arremate. Assim sendo, o Palmeiras comemorou o título.
Nos menores, Categoria 2003/2004, o duelo foi entre Vasco e Flamengo. Um clássico Divinopolitano sendo disputado em Nova Serrana. O que se viu foi um jogo muito igual, ambas equipes buscavam o gol a todo o momento tornando a partida emocionante para a satisfação do bom público presente no estádio do Nacional. Com a igualdade no 0 a 0, a decisão foi para os pênaltis e o Vasco levou a melhor, sobretudo pelas boas defesas de seu goleiro e pela falta de pontaria dos atacantes do Flamengo. Final na disputa dos penais, Vasco 4 a 2 Flamengo. Título muito comemorado pela equipe vascaína.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.