sexta-feira, 14 de Setembro de 2012 16:25h Luciano Eurides

Crise estabelecida da Toca II

O Cruzeiro foi derrotado pelo Figueirense-SC, por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, em partida disputada no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis-SC, e válida pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols do time catarinense foram marcados por João Paulo, de falta, no primeiro tempo, e Aloisio, de cabeça, na segunda etapa.

 

A Raposa voltará a jogar pelo Brasileirão no domingo, quando vai receber o Vasco da Gama-RJ, no estádio Dilzon Melo, em Varginha-MG, às 16h, pela 25ª rodada da competição.

 


O treinador lamentou as oportunidades desperdiçadas pela Raposa, que acabou sendo castigada com a derrota em solo catarinense. “É verdade. Hoje tivemos um primeiro tempo horroroso. No segundo tempo melhoramos, mas já estava 1 a 0. E, de novo, com um erro coletivo. A gente busca, muda esquema tático, muda os jogadores, busca a regularidade para sair de duas derrotas que sofremos e erramos, levamos o primeiro gol, tivemos oportunidade de empatar e não conseguimos fazer. Mas o importante é dizer que no segundo tempo nós tivemos uma reação. Lutamos, mas não conseguimos. Sabíamos que o jogo aqui era difícil e depois, com um a menos (Léo foi expulso), é mais complicado ainda. Então, perdemos o jogo e agora temos que continuar a trabalhar”, disse.

 

Para Roth, a pressão no Cruzeiro é normal, e a receita é continuar trabalhando para voltar a vencer no Campeonato Brasileiro. “Não tenho dúvida na continuidade do trabalho. Acho que temos que continuar o trabalho, saber que erramos e que precisamos estancar essa situação de derrotas. Temos que continuar o trabalho para que possamos ter o número de pontos que corresponda à grandeza do Cruzeiro. Nós temos que seguir o caminho do trabalho, errar menos e, no momento que tem a oportunidade, concluir. Nós tivemos duas oportunidades, com o Montillo no primeiro tempo, e no segundo tempo com o Souza”.

 

O zagueiro Léo desfalcará a Raposa contra o Vasco. Já o volante Lucas Silva esteve suspenso no confronto com o Figueirense, por ter recebido o terceiro cartão amarelo no jogo contra o Sport, no último domingo, e estará novamente à disposição do técnico Celso Roth para o duelo com o Vasco. Outros que desfalcaram o Cruzeiro em Santa Catarina foram o atacante Borges e o lateral-direito Ceará. Borges se recupera de estiramento na coxa esquerda, e Ceará aprimora o condicionamento físico após um período se tratando de uma entorse no tornozelo esquerdo.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.