terça-feira, 27 de Outubro de 2015 09:53h

Cruzeiro ainda sonha com a Libertadores

A vitória por 1 a 0 sobre o Goiás neste domingo, no Serra Dourada, ampliou a invencibilidade do Cruzeiro na temporada

Agora são oito jogos sem perder, o que aumenta a esperança da torcida celeste para o time obter a quarta e última vaga que pode levar para a Copa Libertadores do ano que vem.

Com 44 pontos, o Cruzeiro reduziu para seis a diferença para o Santos, que fecha o G-4 do Campeonato Brasileiro. Mas a possibilidade de conquista da vaga no torneio continental divide os jogadores da Raposa.

Para o atacante Willian, a equipe tem chance de chegar. “Temos que sonhar. A gente sabe que está em aberto, tem várias equipes com possibilidade de conquistar essa quarta vaga. Quem sabe tem uma vaguinha guardada pra gente. Não está fácil, mas creio que não é impossível”, disse.

Já para o experiente lateral-direito Ceará, o Cruzeiro tem que ter os pés no chão e seguir o pensamento atual de jogo a jogo. “Matematicamente há possibilidade, mas temos que ser realistas. É seguir jogo a jogo, pensar cada partida como uma decisão, como temos feito, para somar o máximo de pontos. Depois, a gente vê como termina”, ressaltou.

Vale destacar que o quarto lugar no Brasileirão não garante uma vaga na Copa Libertadores. Isso porque caso algum clube brasileiro conquiste a Copa Sul-Americana – Chapecoense e Atlético-PR estão nas quartas de final do torneio –, apenas os três primeiros colocados se classificam.

Certo mesmo é que o Cruzeiro praticamente zerou a chance de queda para a Série B. Com a vitória em Goiânia, a equipe celeste abriu 11 pontos do Coritiba, primeiro time do Z-4, faltando seis jogos pra terminar o campeonato.  “Isso jamais passou pela nossa cabeça. Conseguimos somar os pontos necessários para fugir da zona de rebaixamento. Já estamos bem distantes dessa zona, mas temos seis jogos para terminar a temporada e vamos terminar com dignidade somando o máximo de pontos”, afirmou Ceará.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.