quinta-feira, 28 de Julho de 2011 10:30h Luciano Eurides

Cruzeiro apresenta sucessor de Henrique

O volante Charles, de 26 anos, foi apresentado de forma oficial como reforço do Cruzeiro. O jogador, que pertence ao Lokomotiv Moscou, da Rússia, foi repassado pelo Santos, a quem estava emprestado, e ficará na Toca, inicialmente até 31 de dezembro.


A apresentação de Charles foi feita pelo Diretor de Futebol Dimas Fonseca. “Ficamos felizes quando trazemos um jogador de potencial técnico do Charles e saber que ele está voltando para um clube que ele gosta,  quando ele diz que está voltando para sua casa. Já disse e volto a repetir que é um período de readaptação do Charles a BH e ao Cruzeiro e, quem sabe, se dando bem, é o que esperamos e torcemos, podemos refazer um contrato em definitivo com o Charles”, disse Fonseca.


A negociação que viabilizou a transferência de Charles ao Cruzeiro foi facilitada pelo fato do volante Henrique ter acertado com o Santos, conforme explicou Dimas Fonseca.“A ida do Henrique foi o que possibilitou o negócio. Entendo que, se não fosse a ida do Henrique, não liberariam o Charles. Foi isso que facilitou. Levaram um jogador da mesma posição e temos a condição de trazer um da mesma posição para suprir, pelo menos para esse ano, com um jogador de boa condição técnica”.
 

Charles deixou o Cruzeiro, em 2008, retornou a passeio várias vezes na Toca da Raposa II e agora retorna de forma definitiva. “Com certeza, sempre que tinha uma brechinha lá na Rússia, sempre que tinha férias, eu vinha em BH e visitava os amigos que deixei aqui no Cruzeiro. Aqui sempre foi a minha casa, sempre me senti bem aqui. É a amizade, tenho uma história aqui desde as categorias de base, e estou muito feliz com esse retorno”.
 

O volante espera repetir as boas atuações de 2007 e 2008. “A tendência é que seja até melhor. Fiquei um tempo sem jogar, por causa de uma lesão, estou com muita vontade de jogar, ainda mais aqui no Cruzeiro, onde vou ter oportunidades, já que no Santos eu não tive. Vim para reencontrar aquele futebol de 2007 e 2008, se possível até melhor. Estou muito feliz, perto da família. Espero que dê tudo certo”.


O novo reforço já se identifica com a torcida. “O carinho do torcedor é muito bom. Minha esposa me disse que a torcida gostou. Fico feliz. Isso é fruto do trabalho que realizei aqui. Apesar de não ter ganho um título de expressão, mas a passagem foi boa, o time foi bem em 2007 e 2008. Fico feliz com o carinho do torcedor”.


Todos mudam com o passar do tempo, com Charles não foi diferente. “Experiência. Fiquei dois anos e meio na Rússia, aprendi muita coisa. Hoje eu posso dizer que sou um jogador mais maduro, em todos os aspectos. Pode-se dizer que é um Charles bem experiente”.
 

Sobre a boa fase vivida pelo Cruzeiro o jogador vem acompanhando a evolução. “Essa última vitória em cima do líder foi importante. Pega confiança, ganha moral. Espero que consigam um bom resultado contra o Atlético-GO, e depois temos duas pedreiras em casa, contra Botafogo e Flamengo”.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.