terça-feira, 27 de Março de 2012 12:02h Luciano Eurides

Cruzeiro comemora a vitória no clássico

A vitória sobre o América, de virada, por 2 a 1, serviu para mostrar a força do conjunto cruzeirense. Isso porque o gol da vitória saiu em uma jogada que teve participação direta de dois atletas que saíram do banco de reservas:  o jovem meia Elber, que deu o passe, e o atacante Walter, que finalizou para gol.
O técnico Vágner Mancini fez questão de destacar as boas opções que tem no elenco, que lhe permitem ter, no banco de reservas, jogadores de qualidade, que podem entrar nos jogos e mudar alguma situação na partida, como aconteceu no jogo contra o América. “Contra o América, foi a vez do Elber e do Walter, que acabou fazendo o gol da vitória. E, em outras ocasiões, nós tivemos outros atletas fazendo funções que, muitas vezes, a torcida quer que a gente ponha mais um atacante, mas é necessário que você enxergue aquilo que acontece dentro do jogo e aquilo que o jogo te pede. Contra o América-MG deu certo, e são mexidas que certamente serão feitas daqui para frente”, disse o treinador.
Questionado sobre a atitude de Walter, que após o gol foi ao banco de reservas para abraçar o treinador, Mancini explicou que havia dito palavras de incentivo ao atacante quando o chamou para passar instruções, antes de sua entrada na partida. Após o jogo, Walter disse que o treinador cruzeirense lhe passou confiança, dizendo que ele ia entrar em campo e ia decidir a partida. “Eu sempre tenho o hábito de falar isso ate como motivação, um estímulo ao atleta que vai fazer parte de um jogo que já está em andamento. Muitas vezes o cara, dependendo do setor onde ele entra no jogo, ele sente mais ou menos a dinâmica do jogo. Um atacante geralmente tem menos espaço, o cara que joga atrás entra mais sossegado, porque ele sabe que vai entrar no jogo numa parte do campo que vai da pra ir aquecendo no decorrer do jogo. Eu disse isso a ele, e ele falou ‘eu vou fazer o gol e vou voltar aqui’, e felizmente deu certo”, contou Vágner Mancini.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.