sexta-feira, 28 de Outubro de 2011 18:46h Atualizado em 28 de Outubro de 2011 às 21:39h. Luciano Eurides

Cruzeiro contabiliza seis pontos no Rio de Janeiro

Dois jogos seguidos fora de casa, duas partidas no Rio de Janeiro-RJ, dois jogos no Engenhão. O Cruzeiro terá Botafogo e Flamengo pela frente nas duas próximas rodadas do Campeonato Brasileiro.


O zagueiro Léo destaca a necessidade de a Raposa pensar em vencer as partidas e somar o maior número de pontos possíveis. “Vamos tentar somar pontos. São jogos difíceis, mas, na situação em que a gente está, temos que ir para o Rio buscar pontos, buscar resultados positivos, independentemente de jogar bonito ou não. Temos que conquistar os pontos que nos darão tranquilidade”, disse o zagueiro.


Léo faz questão de ressaltar o bom momento dos dois próximos adversários cruzeirenses, que miram o título do Brasileirão, mas afirma que a vitória do último domingo, por 3 a 2, sobre o Atlético-GO, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, devolveu ao Cruzeiro a confiança que os atletas precisavam. “Sabemos que são equipes de qualidade, que estão disputando lá em cima. Tivemos uma semana para trabalhar, para encaixar o time. A vitória de domingo nos deu uma confiança a mais, todo mundo vai se empenhar ainda mais. Vamos com um ânimo a mais para a próxima rodada”.


Na partida contra o time goiano, o Cruzeiro esteve duas vezes em desvantagem no placar (1 a 0 e 2 a 1), mas teve calma, não se abateu com os gols sofridos e conseguiu buscar a reação e a vitória de 3 a 2. E é isso que o zagueiro Naldo quer que a Raposa leve para o jogo contra o Botafogo. “O mais difícil foi nas duas vezes em que ficamos atrás no placar. Foi determinante para a gente ter calma, não desesperar e não levar outros gols em seguida. E o time soube fazer isso para buscar a reação. Durante toda a semana a gente falou disso, de superação, que tínhamos que vencer. Não tinha outro resultado para nós que não fosse a vitória”, disse.


Naldo pede cautela nos dois próximos jogos, que serão fora de casa, e prega respeito aos adversários, Botafogo e Flamengo, que estão bem colocados na tabela de classificação e ainda lutam pelo título do Campeonato Brasileiro. “Temos que ter calma. Teremos dois jogos difíceis, duas pedreiras, dois times que estão lá em cima, brigando pelo título. Temos que ter cautela, não sair desesperados, sair de forma organizada. Trabalhamos bem durante a semana, o Vágner Mancini teve um tempo para corrigir o que estamos errando, para a gente diminuir esses erros nos jogos. Temos que pensar em vencer para sair logo dessa situação. A gente tem que entrar em campo sempre pensando na vitória”.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.