sexta-feira, 31 de Maio de 2013 06:06h Luciano Eurides

Cruzeiro empata com o Atlético-PR pela segunda rodada do Brasileirão

O Atlético Paranaense abriu dois gols de vantagem diante do Cruzeiro, mas cedeu o empate em 2 x 2, no péssimo gramado da Vila Olímpica do Boqueirão, na abertura da segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

O Atlético Paranaense abriu dois gols de vantagem diante do Cruzeiro, mas cedeu o empate em 2 x 2, no péssimo gramado da Vila Olímpica do Boqueirão, na abertura da segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a Raposa chega aos quatro pontos ganhos e deve perder a liderança com o complemento da rodada, enquanto o Rubro-Negro somou seu primeiro ponto na competição.

O Furacão precisou de seis minutos para abrir o placar, com Pedro Botelho, que pegou sobra de bola para balançar as redes. Aos 28 minutos, de cabeça, o zagueiro Manoel balançou as redes. Dedé descontou, aos 42 minutos, aproveitando rebote da zaga atleticana. Na segunda etapa, com um gol relâmpago, Luan deixou tudo igual.
Na próxima rodada, o Atlético Paranaense recebe o Flamengo, sábado, em partida marcada para a Arena Joinville. Já o Cruzeiro terá pela frente o Botafogo, no mesmo dia, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

Em um gramado o qual o futebol era praticamente impraticável, os dois times começaram com dificuldade para tocar a bola. Na primeira chegada mais efetiva, aos seis minutos, Pedro Botelho pegou sobra de bola, dentro da área, bateu no cantinho e abriu o placar para o Furacão. Aos nove minutos, Borges tentou responder após receber bom passe na área, mas Cleberson apareceu para fazer o corte na hora certa e afastar o perigo.

As ações se concentravam no meio campo, com muita disputa de bola e poucas chances criadas. Aos 16 minutos, Dagoberto cobrou falta e carimbou a barreira rubro negra. Chute a gol mesmo somente aos 20 minutos, com Éderson, que recebeu cruzamento de Léo e bateu de primeira para boa intervenção de Fábio. Na resposta, aos 23 minutos, Dedé subiu na área e testou firme para defesa de Wéverton.
O Furacão chegou com o segundo gol aos 28 minutos, marcado por Manoel, que aproveitou cruzamento perfeito de João Paulo e, no meio da zaga mineira, subiu para cabecear para as redes. Aos 35 minutos, Éverton fez jogada individual, abriu espaço e arrematou pela linha de fundo. A Raposa descontou ainda na primeira etapa, aos 42 minutos, com Dedé, que pegou rebote da zaga após cobrança de escanteio e de voleio marcou o primeiro na competição.

Depois do intervalo, o Cruzeiro retornou com Luan no lugar de Dagoberto. E, logo no primeiro lance, com menos de um minuto, Luan pegou sobra de bola e tocou no canto esquerdo para estufar as redes e empatar. A Raposa voltou com outra disposição. Aos três minutos, Luan arriscou o chute no ângulo e Weverton foi buscar para ceder escanteio. Lançamento para Éverton, aos seis minutos, e Fábio deixou a meta para interceptar.

O Atlético conseguiu equilibrar as ações e, aos 10 minutos, quase fez o terceiro com Ederson, que desviou toque de Marcão pela linha de fundo, com o gol aberto. O jogo ganhou em emoção. Aos 16 minutos, Luan, que entrou muito bem na partida, acertou um petardo para Weverton salvar. O Furacão tentava pressionar, mas errava passes demais e começou a irritar a torcida.

Marcelo tentou duas vezes, aos 28 minutos, depois de aparecer na cara do gol, mas perdeu grande oportunidade. Aos 37 minutos, Felipe recebeu na entrada da área levantou a cabeça e praticamente recuou para Fábio. A duas equipes já não mostravam mais força ao final da partida para buscar a vitória. Em uma última tentativa, aos 46 minutos, Luan, sozinho, chutou colocado, mas, não contava com desvio salvador de Deivid no caminho.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.