quinta-feira, 3 de Fevereiro de 2011 00:00h

Cruzeiro encara o Leão do Bonfim

Passada a estreia do Cruzeiro no Campeonato Mineiro, na qual o time celeste goleou a Caldense por 3 x 0, em jogo disputado no último domingo, na Arena do Jacaré, o pensamento do elenco estrelado se volta para o próximo desafio na competição estadual: o confronto com o Villa Nova, domingo, na casa do adversário. A Raposa iniciou a preparação para o duelo, com o foco a superar as adversidades de se jogar em território inimigo, em um campo com dimensões inferiores. A partida vai acontecer no estádio Castor Cifuentes, em Nova Lima, às 19h 30. Como o tamanho do gramado é mais acanhado, o volante Henrique traça uma estratégia para buscar o gol. O jogador pretende usar seu forte e certeiro chute para surpreender o goleiro adversário, quando for inviável criar jogadas e tocar a bola até a meta inimiga. “Temos uma característica de bom chute de fora da área. Já jogamos no campo de Nova Lima ano passado, é difícil jogar lá, o campo é apertado e o Villa virá pra cima da gente. Vão usar bem a dimensão do campo, estão acostumados a jogar dessa forma. Sabemos de todas as dificuldades, mas vamos aperfeiçoar durante a semana para colocar essa arma em prática no jogo”, argumentou.
Atuar no estádio de Nova Lima não é um fator preocupante para Henrique. O atleta ressalta que o time celeste já venceu o Villa Nova fora de casa, a exemplo de 2009, quando o Cruzeiro bateu o adversário por 3 x 2, nos domínios do oponente. “Não preocupa não, a gente já jogou lá (em Nova Lima), claro que tem as dificuldades, mas isso é normal. Em todo o campeonato mineiro, as equipes vão passar por lá e terão dificuldades. O Cruzeiro é uma equipe grande e tem que buscar sempre o melhor, independentemente do gramado, temos que buscar a vitória”, frisou.
O camisa 8 fez questão de finalizar enfatizando a gana que o grupo cinco estrelas está para vencer tudo que disputar. “Em todas as competições temos que entrar com o pensamento de conquista e vitória sempre. Até nos joguinhos, nos treinamentos aqui na Toca, não pensamos em perder, entramos focados em buscar o melhor e conquistar”, encerrou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.