sábado, 8 de Outubro de 2016 11:00h Carlos Henrique

Cruzeiro enfrenta duelo decisivo no sábado

CARLOS HENRIQUE
ch25771@gmail.com

 

Neste sábado, Mano Me­nezes e seu time terão duelo decisivo pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. A Ponte Preta será o adversário e a Raposa, que, no momento, ocupa a zona de rebaixamen­to da competição, não pode pensar em outro resultado que não seja vencer, já que, com a vitória do Internacional de Porto Alegre na última quinta­-feira, no Beira-Rio sobre o Coritiba por 1x0, o Colorado deixou a zona, que, no mo­mento, está sendo ocupada por Cruzeiro, Figueirense, Santa Cruz e América-MG.

Para esta importante parti­da, que pode definir os rumos do time azul no campeonato, Mano terá desfalques. A co­meçar por Arrascaeta, que será substituído por Rafinha. Outro que entra na equipe é o argentino Lucas Romero, no lugar do suspenso e tam­bém argentino Ariel Cabral. Mano explicou os motivos que fizeram optar pelo volante hermano.

“Dentro de uma variação dos jogadores que temos, pe­las características, Romero se adéqua mais para fazer trans­posição de posse. A equipe precisa disso. Ele foi o esco­lhido. Percorre distância mais rapidamente e pressiona. No jogo passado, já conseguimos roubar a bola ofensiva muitas vezes. E em casa pega o adver­sário desorganizado, saindo”.

Outro ponto abordado foi o posicionamento tático de Rafinha, Robinho e Rafael So­bis, o trio que será responsável por criar as jogadas celestes no ataque.

“Alguns dias atrás, está­vamos conversando sobre o Robinho. Ele rende mais por dentro. Em alguns jogos, atuou por fora, porque era im­portante para a equipe. Quan­do houve a alteração para trazê-lo para dentro de novo, nós o fizemos. E é possível ver a diferença de rendimento. Com o Rafael Sobis, vale a mesma coisa. Não se pode ter a vaidade pessoal de colocar individual acima do coletivo. Não adianta ir bem individu­almente e o Cruzeiro perder. Não resolve o problema dele, nem do Cruzeiro, nem da tor­cida. Jogador que já fez essa função no Fluminense, jogava da direita para dentro, com o Fred mais como pivô. Nós não estávamos jogando com duas linhas de quatro, estamos jogando um pouco diferente. Se fosse, o Sobis seria um ponta de lança antigo, que chega perto do centroavante, algo que o Arrascaeta faz hoje. Temos que ter consistência de equipe, ter meias, mas também recomposição para marcar. Se não brigar para marcar, não adianta.”

O Confronto entre Cruzei­ro e Ponte Preta está marcado para este sábado, às 21h no Mineirão. O Canal Premiere, disponível em pay-per view nas TVs por assinaturas, será o responsável pela transmissão do jogo.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.