terça-feira, 20 de Setembro de 2016 13:37h Pedro Gianelli

Cruzeiro faz a alegria de crianças em ação do Setembro Dourado

No último domingo, o Mineirão foi palco do clássico entre Cruzeiro e Atlético-MG, pelo Campeonato Brasileiro. No entanto, o Cruzeiro também recebeu outros visitantes ilustres. O Tetracampeão Brasileiro levou crianças e adolescentes que estão em tratamento contra o Câncer para participarem de atividades especiais no estádio. A ação faz parte da campanha Setembro Dourado.

Para proporcionar mais alegria aos pequenos que estão passando pelo processo de tratamento oncológico, os garotos fizeram um tour pelo Mineirão antes da partida. Além disso, os guerreiros foram os mascotinhos da equipe celeste e entraram em campo ao lado dos atletas do Time do Povo. Em seguida, eles foram acomodados em um setor especial do estádio e puderam assistir ao duelo.

As atividades foram realizadas com as crianças e adolescentes da Casa de Acolhida Padre Eustáquio (CAPE), Fundação Sara Albuquerque Costa e da Associação Unificada de Recuperação e Apoio (AURA).

 

CAMPANHA

 

Sempre comprometido com causas importantes para a população, o Maior de Minas aderiu novamente à campanha Setembro Dourado. A iniciativa, solicitada pelo presidente do Clube, Dr. Gilvan de Pinho Tavares, faz parte do projeto “Cruzeiro Solidário” e tem como objetivo conscientizar a sociedade sobre a importância do diagnóstico precoce e tratamento do câncer infantojuvenil.

O Tetracampeão Brasileiro abraça a causa há anos. Em 2015, o Clube realizou várias atividades especiais que contemplaram crianças em tratamento contra o câncer.
Segundo dados do INCA (Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva), 70% das crianças e adolescentes diagnosticados com câncer podem ser curados se a doença for diagnosticada precocemente. É importante que os pais ou responsáveis fiquem atentos aos sintomas para que a enfermidade seja tratada rapidamente.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.