quarta-feira, 8 de Abril de 2015 10:50h

Cruzeiro junta forças para encarar o Mineros

Após a derrota para o Tombense, o elenco do Cruzeiro se reapresentou na tarde desta segunda-feira, na Toca da Raposa II, com uma notícia ruim

O meia Marcos Vinícius sofreu lesão na coxa direita, detectada por exame de imagem, e desfalcará o time no clássico contra o Atlético, no primeiro duelo das semifinais do Campeonato Mineiro.
Como o departamento médico do Cruzeiro não informa o tempo de recuperação dos atletas, Marcos Vinícius ficará fora também dos próximos jogos da Raposa. O meia já era desfalque certo no confronto diante do Mineros-VEN, nesta quarta-feira, às 22h, no Mineirão, já que não foi inscrito na fase de grupos da Copa Libertadores.
Assim, quem deverá ganhar a uma nova chance como titular é o atacante Willian, recuperado de dores no púbis. Outras opções do técnico Marcelo Oliveira para o duelo contra os venezuelanos são Joel e Riascos.
O fraco desempenho mostrado pelo Cruzeiro contra o Tombense, no domingo passado, no Mineirão, não vai se repetir diante do Mineros de Guayana, pela Libertadores, nesta quarta, novamente no Gigante da Pampulha. Quem garante é o zagueiro Leo, que diz que o espírito competitivo dos jogadores será completamente diferente daquele mostrado no Estadual. “Quarta-feira é Libertadores, uma outra sintonia, uma outra competição. O espírito da competição já é totalmente diferente. É começar assim na quarta-feira, não tem jogo fácil, será um jogo difícil, complicado. Mas também tende a ser muito aguerrido e essa questão que não pode faltar, ser aguerrido, brigar mesmo”, disse Leo.
O zagueiro está de volta ao time após ser poupado contra o Tombense. Na semana passada ele sentiu um desconforto muscular na coxa e foi preservado pelo departamento médico. “Pude me recuperar bem, de alguma forma dar uma segurada. A gente vinha numa batida forte, jogando quase todos os jogos praticamente”, comentou.
Além de Leo, o Cruzeiro também deve contar com o retorno de outros dois importantes jogadores contra o Mineiros: o volante Willians e o atacante Willian. “O Cruzeiro tem um grupo forte, onde a questão de você já ter um ritmo de jogo, dos jogadores já se conhecerem acaba acrescentando para o grupo. A gente vem dar cada vez mais a nossa parcela para que possa contribuir com o grupo e fortalecer cada vez mais”, afirmou o jogador.

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.