quarta-feira, 4 de Novembro de 2015 10:16h

Cruzeiro luta por um lugar na Copa Libertadores 2016

Se a vaga é um sonho muito distante para o Cruzeiro neste momento, ainda a reta final do Campeonato Brasileiro pode servir de motivação para a equipe celeste tentar garantir uma vaga direta nas oitavas de final da Copa do Brasil do ano que vem, o que não deixaria de ser um prêmio para o clube que brigou a competição inteira na segunda parte da tabela.
Desde o ano passado, a equipe melhor colocada no Brasileirão, mas que não se classificar para a Libertadores – o quinto lugar em caso de G4 ou o sexto se for G5 – será premiada com uma vaga direta nas oitavas de final da Copa do Brasil de 2016. Na temporada passada, o Fluminense entrou diretamente nas oitavas do torneio nacional ao terminar o Brasileirão em sexto lugar e contar com ajuda do Atlético, que ficou em quinto, mas foi o campeão da Copa do Brasil, garantindo uma vaga na Libertadores.
Atualmente, a diferença do Cruzeiro para o quinto colocado é a mesma para o G4, oito pontos. Ou seja, para a Raposa, a dificuldade para se conseguir uma vaga na Libertadores é exatamente igual para se obter um lugar direto nas oitavas da Copa do Brasil.
Mas caso o Santos seja o campeão da Copa do Brasil deste ano e se mantenha na quarta posição do Brasileirão, o time que ficar em quinto iria para a fase preliminar da Libertadores, abrindo para o sexto colocado a vaga direta nas oitavas de final da Copa do Brasil de 2016. Neste momento, a diferença do Cruzeiro para o Internacional (na sexta posição) é de cinco pontos: 50 contra 45.
Desta forma, as três próximas rodadas serão decisivas para o Cruzeiro, que terá confrontos diretos com São Paulo e Sport, quinto e oitavo colocados, respectivamente, ambos no Mineirão, além do Palmeiras, atualmente em nono lugar, na capital paulista.
O clube que entrar diretamente nas oitavas de final da Copa do Brasil tem uma boa vantagem, pois evita disputar as três primeiras fases contra equipes de menor expressão e correndo o risco de perder jogadores por lesão em campos muitas vezes ruins. Além disso, enxuga o calendário, deixando de jogar quatro partidas, no mínimo (uma da primeira fase, outra da segunda e duas da terceira).

Confira a distância do Cruzeiro para o quinto e o sexto colocados:
4º – Santos: 53 pontos
5º – São Paulo: 53 pontos
6º – Internacional: 50 pontos
7º – Ponte Preta: 50 pontos
8º – Sport: 49 pontos
9º – Palmeiras: 48 pontos
10º – Cruzeiro: 45 pontos
Últimos cinco jogos Cruzeiro no Brasileirão:
8/11 – São Paulo (Mineirão)
18/11 – Sport (Mineirão)
21/11 – Palmeiras (Allianz Parque)
28/11 – Joinville (Mineirão)
5/12 – Internacional (Beira-Rio)

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.