quinta-feira, 7 de Julho de 2016 16:02h

Cruzeiro mostra força na Copa do Brasil e vence o Vitória fora de casa

O Cruzeiro mostrou porque é o maior vencedor da Copa do Brasil na noite desta quarta-feira, e venceu o Vitória, fora de casa, no primeiro jogo válido pela terceira fase da Copa do Brasil

O placar de 2 a 1 para a Raposa, com dois gols de Willian, que fez ótima partida, revelou uma equipe muito aguerrida em campo. Mesmo com um jogador a menos desde os 14 minutos do segundo tempo, quando Allano foi expulso, o Cruzeiro superou as adversidades da partida, criou boas chances de gols e venceu com propriedade.

O Maior de Minas volta suas atenções agora para o Campeonato Brasileiro. O time retorna a campo na próxima segunda-feira, contra o Atlético-PR, no Mineirão, às 20h, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os jogadores se reapresentam na sexta-feira pela manhã e darão início a preparação para a partida contra os paranaenses. A partida de volta pela Copa do Brasil contra o Vitória acontecerá no dia 20 de julho.

 

 

O jogo

O Cruzeiro começou a partida com tudo e foi para cima da equipe baiana. Logo com oito minutos o time celeste abriu o placar. Willian recebeu na entrada da área, driblou o marcador e bateu sem chances para o goleiro do time do Vitória. 1 a 0 para a Raposa.

Cinco minutos depois, pênalti para o Vitória. Marinho domina no peito e Allano toca com o braço na bola. Na cobrança, Diego Renan bate no lado esquerdo e Fábio nada pôde fazer, empate do Vitória. 1 a 1.

O jogo seguiu debaixo de muita chuva na capital baiana. O Cruzeiro chegou com perigo mais uma vez aos 36 minutos. Willian lançou Arrascaeta, que tinha acabado de entrar no posto de Alex, e o uruguaio cruzou dentro da pequena área. A zaga chegou na hora do arremate e afastou o perigo.

 

 

Três minutos depois, Robinho lançou Willian na entrada da área. O camisa 9 girou e bateu, o goleiro Caíque, bem colocado, fez a defesa no centro da meta do time baiano.

No último lance da primeira etapa quase saiu o segundo da Raposa. Boa jogada do time celeste na direita e Bruno Ramires tocou para Willian na entrada da área. O atacante girou e bateu, Caíque fez uma grande defesa, no contrapé.

 

 

 

Segunda etapa

Quem assustou no começo da etapa foi o Vitória. Marinho fez boa jogada pela esquerda e cruzou, Kieza, dentro da pequena área, cabeceou para fora do gol defendido por Fábio. Aos seis minutos, a jogada se repetiu e quase saiu o gol de desempate do Vitória.

O Cruzeiro respondeu com enorme perigo aos 9 minutos. Arrascaeta fez excelente jogada pela esquerda e lançou Willian sozinho dentro da área, o atacante bateu de frente para a meta e Caíque fez excelente defesa. No rebote, a bola sobrou novamente para Willian e o atacante colocou por cima do goleiro baiano.

 

 

Um minuto depois foi a vez de Arrascaeta perder grande chance. Excelente bola de Robinho para o uruguaio, que de frente para o goleiro adversário, errou o chute e perdeu grande chance para o Cruzeiro desempatar.

O Cruzeiro perdeu o jogador Allano pelo cartão vermelho e o Vitória voltou a apertar na partida. Cruzamento para a área aos 18 minutos e Kieza perdeu boa chance de gol, ao antecipar a zaga celeste.

Aos 24 minutos, outro cruzamento da esquerda para o Vitória e Kieza cabeceou muito bem no canto esquerdo da meta celeste, Fábio pulou e fez uma grande defesa espalmando para o lado.

 

 

O Cruzeiro respondeu imediatamente aos 26 minutos e marcou o segundo gol na partida. Excelente jogada de Robinho para Arrascaeta, o uruguaio fez excelente toque para Willian e o atacante, de frente para a meta, não perdoou dessa vez e botou no canto direito do goleiro Caíque. Foi o segundo gol do camisa 9 celeste na partida. 2 a 1 para a Raposa.

Com um a mais em campo, o Vitória era todo pressão em busca do empate. Marinho foi bastante acionado na esquerda e cruzava muitas bolas para área, dando trabalho para a zaga cruzeirense, que mostrou muita firmeza no jogo, afastando as investidas.

Fim de jogo no Barradão, em Salvador-BA, e o Cruzeiro, depois de excelente jogo, conquistou um grande triunfo sobre o Vitória na primeira partida da terceira fase da Copa do Brasil.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.