sexta-feira, 24 de Junho de 2016 13:14h

Cruzeiro mostra outra cara

Após atuações regulares e ruins ao longo da temporada, o Cruzeiro deu uma esperança aos torcedores de que pode reagir no Campeonato Brasileiro ao vencer a Ponte Preta e convencer

A goleada de 4 a 0 nesta quarta-feira, em Campinas, tirou a equipe celeste, ao menos por enquanto, da zona de rebaixamento.

 Após a vitória incontestável, os jogadores destacaram a forma como o grupo se comportou durante o confronto. “Foi um grande jogo do Cruzeiro. Essa é a cara do Cruzeiro, essa é a cara que temos que mostrar no dia a dia, para nós mesmos, que temos capacidade. Mas agora não é o momento de relaxar. Temos que comemorar essa vitória, mas já pensar no Palmeiras. A gente tem que sair dessa situação. Quem veste essa camisa do Cruzeiro tem que sentir o peso. Sabemos que o momento é desconfortável, mas temos que brigar lá na frente daqui a pouco”, declarou o meia-atacante Alisson, que marcou um gol de pênalti e foi eleito pela equipe da Itatiaia como o melhor em campo.

 

 

 

Pressionando a saída de bola do adversário, marcando bem no campo de defesa e saindo rápido nos contra-ataques, o Cruzeiro envolveu a Ponte Preta e venceu com facilidade. O volante Henrique destacou o bom futebol apresentado diante da Macaca. “Tem que ser dessa forma, intenso e dedicado. É assim que vamos sair dessa situação. Jogar com esse mesmo brio, a mesma vontade. Juntos, vamos melhorar a cada jogo”, afirmou.

 

 

Nos últimos dias, a pressão sob o técnico Paulo Bento aumentou. Rumores davam conta que um resultado negativo poderia decretar a demissão do treinador português. Henrique garantiu que tudo não passou de boatos e que o grupo está ao lado do comandante. “Tudo o que falam vem de fora. Somos homens, temos personalidade, são jogadores que buscam sempre o melhor em prol do grupo. Nas derrotas e nas vitórias o grupo é sempre forte”, observou.

 

 

Com a vitória sobre a Ponte, o Cruzeiro foi a 11 pontos e subiu para a 14ª posição. Agora, a torcida será para os adversários diretos na briga na parte de baixo da tabela tropeçarem para a Raposa terminar a rodada fora do Z-4

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.