terça-feira, 2 de Setembro de 2014 05:16h

Cruzeiro parece não ter concorrente na Série A

Vencer os jogos em casa e buscar sete pontos fora.

Com base em edições anteriores do Campeonato Brasileiro, esta é a combinação que o Cruzeiro precisa para conquistar o tetracampeonato.  A uma rodada do fim do primeiro turno, a Raposa tem 42 pontos, oito de frente sobre o segundo colocado (Internacional), e parece não ter concorrente na luta pelo título.
No returno, o time fará dez jogos no Mineirão, onde tem 100% de aproveitamento. Serão 30 pontos em disputa diante da torcida celeste, o que levaria a equipe aos 72, número que pode garantir o título. No entanto, para não correr risco, teria que buscar mais sete pontinhos fora de casa, o que corresponde ao desempenho de visitante atingido pelo Palmeiras atualmente (25% aproveitamento).

Desde 2006, ano que marcou o início da disputa do Brasileiro com 20 clubes, a pontuação máxima foi atingida pelo São Paulo: 78 pontos, justamente em 2006. Outro detalhe que deve ser considerado no histórico da competição é o fato de o vice nunca ter feito mais de 72 pontos (Grêmio, em 2008, e Atlético, em 2012).  Considerando este cenário e o desempenho atual do Internacional, o Cruzeiro tem enorme possibilidade de ficar com o título apenas se conseguir os pontos disputados no gigante da Pampulha, onde está imbatível nesta temporada. 

 

 

Recorde

A situação do Cruzeiro pode ficar ainda mais tranquila no returno, caso o time vença o Fluminense no fechamento da primeira metade da competição, no Maracanã. A Raposa chegaria aos 45 pontos, recorde histórico nas 19 rodadas iniciais. O Atlético é o time que somou mais pontos no primeiro turno (a partir de 2006). Em 2012, conseguiu 43 pontos. No entanto, deixou o título escapar para o Fluminense.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.