segunda-feira, 9 de Julho de 2012 08:58h Gazeta do Oeste

Cruzeiro perde a segunda partida consecutiva e cai para o sexto lugar

Nas seis rodadas iniciais do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro permaneceu invicto e chegou à liderança. Porém, agora a equipe comandada por Celso Roth se distancia do topo da tabela.

Nas seis rodadas iniciais do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro permaneceu invicto e chegou à liderança. Porém, agora a equipe comandada por Celso Roth se distancia do topo da tabela. Depois de ser derrotado em casa pelo São Paulo, o time celeste caiu diante do Internacional, por 2 a 1, neste sábado, no estádio Beira-Rio.

 

Com seu novo reforço Diego Forlán assistindo ao jogo, o Internacional dominou o primeiro tempo e marcou duas vezes, com Oscar e Leandro Damião. O Cruzeiro reagiu na etapa final e diminuiu com um golaço do zagueiro Leo.

 

O revés deixou o time celeste com 14 pontos. A equipe comandada por Celso Roth caiu para a quinta colocação, ultrapassada justamente pelo Inter, que chegou a 15. Na próxima rodada, o Cruzeiro tentará se reabilitar diante de outro time gaúcho. A equipe receberá o Grêmio, no Independência, no domingo, às 16h. No mesmo dia e horário, o Colorado enfrenta o Santos, no Beira-Rio.

 

Domínio colorado

Na expectativa de que Forlán se junte em campo ao time comandado por Dorival Júnior, o Inter deu demonstrações de que já conta com um forte ataque e marcou o primeiro gol logo no começo da partida.

 

Numa rápida troca de passes, Dagoberto rolou para D'Alessandro, que, de primeira, deixou Oscar em boas condições de finalizar. O jogador colorado, convocado para os jogos Olímpicos de Londres, chutou forte com a perna direita e abriu o placar aos 7 minutos da etapa inicial.

 

O Cruzeiro melhorou na partida a partir do momento em que estabeleceu marcação na saída de bola do Colorado. Aos 28 minutos, Montillo avançou pela esquerda e cruzou para a área. Anselmo Ramon ganhou a disputa pelo alto, mas cabeceou nas mãos do goleiro Muriel. Dois minutos depois, Willian Magrão fez o travessão balançar, com um tiro de fora da área.

 

Enquanto o Cruzeiro desperdiçava oportunidades para empatar, o Inter utilizou a velocidade de seu ataque para contra-atacar e aumentou a vantagem. Aos 36 minutos, Dagoberto deu passe para Leandro Damião, que invadiu a área, deixando os zagueiros cruzeirenses para trás, e bateu no canto esquerdo de Fábio.

 

O time celeste esteve perto de diminuir o prejuízo dois minutos após ser vazado novamente. O ex-colorado Tinga ficou cara a cara com Muriel, mas o chute forte parou no arqueiro do Internacional.

 

No fim da etapa inicial, Dagoberto, por pouco, não transformou a vantagem do Inter em uma goleada. O dono da camisa 20 driblou Leo com um toque de letra, mas chutou à direita da meta defendida por Fábio.

 

Reação celeste

 

Para o segundo tempo, Celso Roth decidiu levar o Cruzeiro à formação mais ofensiva. O zagueiro Victorino foi substituído pelo atacante Wallyson. Assim, Willian Magrão foi deslocado para a ala direita.

 

Aos 4 minutos, Anselmo Ramon deu passe de calcanhar para Wallyson, que cruzou rasteiro. Everton, sozinho, finalizou por cima.

 

Mais presente no campo de ataque, o Cruzeiro chegou, enfim, ao seu primeiro gol. Depois de cobrança de escanteio, a bola sobrou para Leo. O zagueiro girou e com um lindo voleio jogou a bola para as redes coloradas.

 

Com domínio da posse de bola até o apito final, o Cruzeiro pressionou em busca do empate. Porém, sem criar chances claras para balançar as redes pela segunda vez, o time comandado por Celso Roth deixou o Beira-Rio derrotado.

 

 

 

 

SUPERESPORTES

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.