terça-feira, 12 de Julho de 2011 11:07h Luciano Eurides

Cruzeiro perde e apresenta reforço

O Cruzeiro correu e lutou até o final da partida, mas acabou sendo derrotado pelo São Paulo, por 2 x 1, na noite deste sábado, no Morumbi, em São Paulo, pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro. Wallyson marcou o gol da Raposa, que volta a campo no próximo domingo, contra o Bahia, na Arena do Jacaré, em Sete lagoas. O novo reforço do Cruzeiro, o zagueiro Cribari já está na Toca da Raposa II para iniciar sua jornada pelo Melhor Clube Brasileiro do Século XX. O experiente defensor, que fez carreira no futebol italiano, almoçou no hotel do centro de treinamentos cinco estrelas e conversou com o Site Oficial, deixando clara sua alegria em vestir a camisa celeste.“Me sinto muito abençoado de ter a oportunidade de jogar em um clube como o Cruzeiro. Foi isso que pesou na minha escolha de voltar ao Brasil nesse momento. Se fosse qualquer outro clube a não ser o Cruzeiro, acho que ficaria no Napoli-ITA, mas a grandeza do Cruzeiro fez a diferença”, disse Cribari, ao Site Oficial. Emílson Sánches Cribari retribuiu os elogios recebidos do técnico Joel Santana, que enalteceu a qualidade do atleta, no último sábado, em entrevista coletiva após o jogo contra o São Paulo. O zagueiro enfatizou as características que pautam sua postura profissional e se comprometeu a honrar a camisa do Cruzeiro. “Principalmente vindo de um técnico como o Joel Santana, é motivo de muito orgulho para mim. Com certeza eu vou começar a trabalhar agora, meu lado profissional é o que mais me importa. Minha seriedade, meu comprometimento e respeito pela camisa que estou vestindo. Vou precisar de um tempo para adaptação, mas empenho e a camisa suada em todos os jogos, isso não vai faltar”, salientou. Cribari, que foi para o futebol italiano com apenas 18 anos, ainda nas categorias de base, quando foi contratado pelo Empoli-ITA, acredita que terá que mostrar serviço para firmar seu nome no clube estrelado, já que ainda é pouco conhecido. O zagueiro ressaltou seu estilo de jogo. “Eu me considero um zagueiro moderno, que joga limpo. Gosto de jogar na antecipação, muito forte no jogo aéreo, ótima qualidade na saída de bola e com certeza atento na marcação. Mas só em campo vamos demonstrar para a torcida, porque sei que meu nome ainda é desconhecido por aqui”, disse. A última vez que Cribari disputou uma partida oficial foi em 22 de maio de 2011, pela última rodada do Campeonato Italiano, o empate de 2 x 2 entre Juventus e Napoli. O jogo foi disputado no estádio Olímpico Comunale em Turim-ITA. Encerrada a competição, o zagueiro entrou de férias. Como o Cruzeiro está com a defesa desfalcada, já que Léo se recupera de estiramento na coxa esquerda, Victorino está defendendo o Uruguai na Copa América e Gil está suspenso pelo terceiro cartão amarelo, restando apenas Naldo e os garotos Simões e Rodrigo (ambos da base) como zagueiros de origem à disposição de Joel Santana para o próximo jogo do Campeonato Brasileiro, Cribari se oferece para ajudar o time celeste, caso seja regularizado, mas lembra que precisa aprimorar o condicionamento físico.“Pelo caráter que eu tenho e o espírito de sacrifício que sempre tive, se o Joel pedir dificilmente eu direi não. Logicamente eu venho de um período de férias e preciso fazer ao menos um mínimo de período de preparação física. Mas repito: numa situação de emergência, se o Joel Santana me acionar, pelo que me conheço, dificilmente vou dizer não”, afirmou. O zagueiro já foi aprovado nos exames médicos feitos na Toca II, na última sexta-feira, mas dependerá do aval do Departamento Físico e da Comissão Técnica para ter condições de jogo.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.