sexta-feira, 21 de Agosto de 2015 10:56h Atualizado em 21 de Agosto de 2015 às 10:57h.

Cruzeiro perde frente o Palmeiras, mas Damião volta a marcar

O Cruzeiro voltou a jogar bem, mas não conseguiu retornar de São Paulo com a vantagem no primeiro duelo contra o Palmeiras pelas oitavas de final da Copa do Brasil

Com maior posse de bola, o time celeste saiu atrás no marcador, buscou o empate, mas acabou perdendo por 2 a 1, nesta quarta-feira, no Allianz Parque.
Cleiton Xavier e Rafael Marques marcaram os gols do Palmeiras, enquanto Leandro Damião, após mais de dois meses sem balançar as redes, descontou para o Cruzeiro.
Como marcou um gol fora de casa, a Raposa precisará de uma vitória simples por 1 a 0 no Mineirão, no jogo de volta, semana que vem, para avançar às quartas de final e seguir sonhando com o penta da Copa do Brasil. Qualquer empate dá Palmeiras, assim como um triunfo celeste por um gol de diferença com o time paulista marcando duas ou mais vezes. Vitória da Raposa por 2 a 1 leva a decisão para os pênaltis.
Mas antes do duelo decisivo, Cruzeiro e Palmeiras voltam a se concentrar no Campeonato Brasileiro. O time celeste permanece em São Paulo, onde no domingo, às 16h, enfrenta o líder Corinthians, em Itaquera, pela 20ª rodada. No mesmo dia, às 18h30, o Verdão vem a Belo Horizonte para encarar o vice-líder Atlético, no Independência.
Damião ressaltou a importância de voltar a marcar um gol após mais de dois meses. “O jogador sempre sofre no banco, ninguém gosta disso e eu não sou diferente. Nunca reclamei, sempre me dedico nos treinamentos para mostrar que posso estar dentro de campo para ajudar o Cruzeiro. Já fiz muitos gols, já ganhei muitos títulos e, às vezes, as pessoas desacreditam no jogador. Vou continuar trabalhando para ajudar o Cruzeiro”, observou.
O camisa 9 foi titular pela última vez no dia 9 de julho, na derrota para o Fluminense, no Maracanã, e não anotava um gol há nove partidas.
A última vez que Damião balançou as redes foi quando marcou duas vezes na vitória do Cruzeiro por 3 a 1 sobre o Vasco, em São Januário, no dia 13 de junho, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.
O gol de Damião foi muito importante também para o Cruzeiro, que agora precisará vencer o Palmeiras por 1 a 0, no Mineirão, na próxima semana, para avançar às quartas de final da Copa do Brasil. No jogo da volta, o atacante acredita que se a Raposa mantiver o futebol apresentado na casa do adversário, sairá com a vaga. “A gente criou muito mais. No primeiro tempo, o Palmeiras só teve a chance no lance em que fizeram o gol. Temos que manter essa pegada. Encaixamos o time como o professor pediu e conseguimos jogar muito bem. Sabemos que dentro de casa, com o apoio do torcedor, a gente pode se classificar”, disse.
Damião ainda participou de um lance polêmico dentro da área do Palmeiras. O atacante cabeceou e a bola bateu no braço do lateral-direito Lucas, mas o árbitro Marcelo de Lima Henrique não marcou pênalti. Ele alegou que antes o auxiliar tinha assinalado impedimento. O atacante celeste garantiu que não estava em posição irregular, porém minimizou o erro da arbitragem. “Foi uma jogada rápida. Eu não estava impedido, falei na hora. Só que o bandeira já tinha dado impedimento e o jogador do Palmeiras já saiu correndo para recomeçar a partida. Mas não adianta a gente ficar lamentando isso porque esse ano está sendo muito ruim para a arbitragem. A gente torce para eles acertarem. Mas como eles erram, nós também erramos”, finalizou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.