sexta-feira, 12 de Agosto de 2011 16:38h Atualizado em 15 de Agosto de 2011 às 11:16h. Luciano Eurides

Cruzeiro prega respeito ao Avaí

Mesmo sendo o mandante e atuando com a sua torcida, o Cruzeiro prega respeito ao Avai-SC, para vencer o adversário, em partida que será realizada hoje, às 18h30, no Parque do Sabiá, em Uberlândia, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.


A equipe catarinense vem de derrota em casa, por 2 a 1, para o São Paulo, de virada, mas teve atuação destacada pelo lateral-direito Vitor. Além disso, antes desse tropeço, o Avaí havia batido o líder Corinthians, por 3 a 2, e goleado o Ceará, em Fortaleza, por 3 a 0. Por isso, é bom ter cuidado com o adversário deste sábado.“Venceu o então líder do Campeonato Brasileiro, o Corinthians, e depois o Ceará fora, que a gente sabe que é sempre difícil. Fez um jogo de igual para igual com o São Paulo. Sem dúvida vai ser um adversário muito difícil, mas a nossa equipe está se preparando bem para anular os pontos fortes deles e conseguir a vitória”, disse Vitor.


Com a ausência do atacante Wallyson, que fraturou o tornozelo esquerdo no jogo contra o Internacional, no domingo passado, e ficará o resto da temporada fora de combate, o técnico Joel Santana terá de modificar o ataque celeste e seis atletas disputam duas vagas no setor. Quem está otimista em se garantir no time titular é Anselmo Ramon, que marcou gol na última rodada, teve boa atuação e espera dar sequência.


O jovem atacante treinou entre os titulares nesta semana e vive a expectativa de ser escalado no jogo de sábado, contra o Avaí-SC, que será disputado no Parque do Sabiá, pela 1ª rodada do Brasileirão. Anselmo Ramon comentou sobre a possibilidade de formar o ataque ao lado de Wellington Paulista, que também chegou a ser seu companheiro no treino coletivo realizado nessa quinta-feira.“Primeiro é esperar o professor Joel confirmar isso aí, se vai ser mesmo essa dupla, mas o Wellington Paulista é um jogador de qualidade, um jogador que também movimenta bastante e comigo é uma boa dupla porque sou um jogador mais de área, fico mais centralizado e o Wellington movimentando”, comentou.
 

Para melhorar seu desempenho em campo, Anselmo Ramon ficou bastante atento às orientações do comandante cinco estrelas, que pediu que ele atuasse mais fixado na área adversária, para aproveitar todas as oportunidades de gol que o time celeste criar. “Eu estava saindo muito da área, mas ele (Joel Santana) quer que eu fique dentro da área, como ele mesmo falou né, sou um jogador de finalização, tem que estar ali para finalizar e sair um pouco menos da área e poder finalizar mais”, disse.


A disputa por um lugar no ataque do Cruzeiro está bastante acirrada, além de Anselmo Ramon, Thiago Ribeiro, que volta de lesão após um mês afastado, Ortigoza, Reis, Wellington Paulista e o jovem Sebá estão na briga pela titularidade.
 

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.