quinta-feira, 26 de Setembro de 2013 07:44h

Cruzeiro retoma os treinamentos depois de merecida folga

Sem o estádio Beira-Rio, que passa por ampla reforma visando o Mundial de 2014, o Internacional sofre com a campanha de mandante neste Brasileirão. São apenas quatro vitórias, quatro empates e três derrotas. Na partida do próximo domingo, no estádio do Va

Sem o estádio Beira-Rio, que passa por ampla reforma visando o Mundial de 2014, o Internacional sofre com a campanha de mandante neste Brasileirão. São apenas quatro vitórias, quatro empates e três derrotas. Na partida do próximo domingo, no estádio do Vale, o Cruzeiro pode usar a instabilidade do Colorado para confirmar o ótimo desempenho como visitante. A Raposa tem a melhor campanha fora de casa da competição, com cinco triunfos, três empates e o mesmo número de derrotas, o que representa aproveitamento superior a 54%.

 


Apesar de ter um dos melhores elencos do futebol nacional, o Inter não conseguiu engrenar no Campeonato Brasileiro. Com 34 pontos, ocupa o quinto lugar e o técnico Dunga corre sério risco de perder o emprego. Já o Cruzeiro vive situação oposta. Lidera a competição com folga e é o favorito para conquistar o título. Mesmo com o cenário totalmente favorável para a Raposa, o zagueiro Dedé analisa o confronto com cautela. “Acho que o jogo se baseia na hora e acho que o Inter é um time qualificado, com grandes jogadores e um time difícil de jogar. Então, tenho certeza que contra a gente ele vai querer se impor, como o Corinthians fez”, prevê . “ Temos que fazer a nossa parte e jogar como se fosse uma final de campeonato”, disse.

 


O técnico Marcelo Oliveira não terá o volante Lucas Silva e o meia-atacante Ricardo Goulart. Henrique e Júlio Baptista devem ser os substitutos. “É preparar bem nesta semana e fazer um grande jogo contra o Inter, se Deus quiser, com mais uma vitória”, disse Baptista.
Os jogadores do Cruzeiro retornaram aos trabalhos nesta quarta-feira, depois de dois dias de folga, dando início a preparação para o jogo contra o Internacional, domingo, em Novo Hamburgo. Apenas os goleiros treinaram no gramado da Toca da Raposa, enquanto os demais atletas ficaram na preparação física.

 


A folga de dois dias foi justificada pelo desgaste com o excesso de jogos da Raposa, que lidera o Campeonato Brasileiro com 50 pontos, oito pontos de diferença para o Botafogo, segundo colocado. A novidade do dia ficou por conta das presenças do meia-atacante Elber e do lateral-esquerdo Everton nos trabalhos.

 


Os dois atletas se recuperaram de lesões musculares, respectivamente nas coxas direita e esquerda, foram liberados pelo departamento médico e iniciaram o período de recondicionamento físico. Elber se contundiu durante a goleada do Cruzeiro sobre o Vitória por 5 x 1, dia 17 de agosto, no Mineirão, e Everton em um treinamento na Toca da Raposa, no dia 30 de agosto.

 


Capitão da equipe azul e branco, primeira colocada do Campeonato Brasileiro, o goleiro Fábio destacou a eficiência da defesa celeste, a segunda que menos levou gols na competição. De acordo com o ídolo estrelado, o desempenho altamente favorável do esquema defensivo do Cruzeiro, que sofreu apenas 19 gols em 23 jogos, faz com que o time tenha um equilíbrio entre os setores, o que deixa a Raposa cada vez mais forte. “É muito importante a gente exercer um equilíbrio, sofrer menos gols. Isso nos favorece a ficar mais próximos das vitórias e esse ano a gente está conseguindo esse equilíbrio. É o empenho de todos, a gente não pode citar somente os jogadores da defesa, sem citar o comprometimento dos outros atletas, do meio de campo e também do nosso ataque”, comentou Fábio. “Esse equilíbrio e a superação de todos concretizam esses números e isso nos favorece e nos motiva a permanecer dessa forma até o final da competição sofrendo menos gols possíveis”, completou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.