segunda-feira, 30 de Maio de 2016 09:46h Site Oficial do Cruzeiro

Cruzeiro sai atrás, mas busca o empate no clássico do Mineirão

Depois de sair atrás no marcador, a equipe celeste lutou e buscou o empate no clássico disputado esta tarde no Mineirão

O América saiu na frente, com gol marcado por Victor Rangel na primeira etapa e o Cruzeiro chegou ao empate no segundo tempo, com gol marcado por Arrascaeta, depois de ótimo lançamento de Robinho, que estreou muito bem pela equipe estrelada.

Com o resultado, o Cruzeiro marcou o seu segundo ponto na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. O próximo compromisso do Clube será na quarta-feira, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, contra a equipe do Botafogo. O elenco volta a trabalhar visando a partida na segunda-feira pela manhã, na Toca da Raposa II.

 

 

 

O jogo

O jogo começou com as equipes marcando bastante no meio-campo, porém o Cruzeiro tinha mais a posse da bola. O primeiro lance de perigo foi da Raposa. Aos 10 minutos, Sánchez Miño subiu ao ataque pela esquerda e viu a Arrascaeta entrando pelo meio. O uruguaio foi lançado e bateu forte para por cima do gol do time americano.

A resposta do adversário foi logo no ataque seguinte. Danilo ficou com a bola na esquerda e arriscou para o gol, Fábio fez uma excelente defesa e espalmou para área, a zaga chegou a afastando o perigo.

 

 

 

Aos 15 minutos, Arrascaeta teve a chance de abrir o placar. Bruno Ramires fez um ótimo lançamento para o uruguaio que saiu de frente para o goleiro João Ricardo, o cruzeirense bateu, mas a zaga afastou a bola antes dela entrar.

Quatro minutos depois o Cruzeiro chegou novamente com perigo. Escanteio cobrado por Willian, a zaga afastou, Arrascaeta ficou com a sobra e arriscou, a zaga afastou novamente e Léo pegou o rebote e bateu por cima do gol americano.

 

 

 

Aos 26 minutos, novo escanteio para o Cruzeiro, Willian bateu, a zaga afastou, a bola ficou com Elber na direita, o jogador cruzou apara Willian na esquerda e o atacante arriscou para o gol, João Ricardo bem colocado mandou para escanteio.

O Cruzeiro tinha mais a posse de bola, mas quem marcou primeiro foi o América. 29 minutos, Arrascaeta afastou mal, a bola ficou com Hélder que lançou para Artur e acabou sobrando para Victor Rangel no lado direito da área, o centroavante bateu e Fábio nada pode fazer. 0 a 1.

 

 

 

Aos 38 minutos, nova investida do ataque celeste. Cabral cruzou pela esquerda, Gino colocou a bola na área e Willian bateu para o gol, à direita de João Ricardo.

Aos 44 minutos o Cruzeiro perdeu sua melhor chance no primeiro tempo. Gino ganhou na direita e cruzou para área, a bola passou por Arrascaeta e sobrou limpa para Willian na entrada pequena área, o atacante bateu e João Ricardo fez a defesa, salvando o adversário do empate.

 

 

 

Segundo tempo

O segundo tempo começou com a entrada de Douglas Coutinho no lugar de Gino. Logo no primeiro minuto, Elber fez excelente jogada, passou por três adversários, mas finalizou fraco para a defesa de João Ricardo.

Com 12 minutos, o Cruzeiro chegou novamente com perigo. Bruno Ramires chegou ao ataque e tocou para Willian, o atacante arriscou da entrada da área e bateu firme para o gol, João Ricardo bem colocado defendeu.

O técnico Paulo Bento botou Robinho em campo e o Cruzeiro cresceu de produção. Com 19 minutos, o meio-campo achou Willian livre dentro da área, o atacante ajeitou e bateu firme para o gol, João Ricardo pegou de novo.

 

 

 

 

 

Aos 31 minutos nova chance de gol para o Cruzeiro. Cruzamento de Bruno Ramires pela direita e Riascos, que havia entrado no lugar de Willian, cabeceou pela direita do gol americano.

O Cruzeiro insistiu e chegou ao empate merecido. Aos 36 minutos, Robinho recebeu no meio-campo, viu a penetração de Arrascaeta e lançou, o uruguaio nem deixou a bola cair no chão e bateu firme no canto esquerdo do goleiro. Empate da Raposa, 1 a 1.

No último lance de perigo da Raposa, quase saiu o gol de desempate. Robinho bateu falta para dentro da área, a zaga afastou, Arrascaeta tentou e a bola sobrou para Henrique de puxeta que quase surpreendeu o goleiro do América-MG.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.